- Publicidade -

More

    Moradores do Kilamba e KK 5000 reclamam aviso tardio da EPAL sobre suspensão do abastecimento de água

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    “Nao estamos a tomaR banho… vamos viver como?”

    Desde quarta-feira, 29 de Dezembro, alguns moradores da centralidade do Kilamba e blocos do KK manifestam  a sua insatisfação, mostrando-se indignados com o procedimento da EPAL em relação à passagem de informações sobre a interrupção do serviço de abastecimento de água nas referidas zonas.

    Segundo contam os moradores, “não é a primeira que um comunicado sobre suspensão de abastecimento de água nas áreas em epígrafe chega de forma tardia.” “Se os senhores jornalistas repararem no documento que circula nas redes sociais, hão de perceber que a data de comunicação é 30 de Dezembro, porém, nós já estamos sem água desde o princípio da noite de 29 de Dezembro, 24 horas antes do comunicado”, lamentou, indignado, um dos moradores que prefere o anonimato.

    “Não estamos a tomar banho, não temos como usar as casas de banho para necessidades maiores”, disse outro morador.

    Segundo consta no comunicado de imprensa da EPAL, desta quinta-feira, 30 de Dezembro, que a pedido da Administração do Distrito Urbano do Kilamba, para a intervenção na rede de esgoto da centralidade do Kilamba, suspende-se o abastecimento de água em toda a extensão do Kilamba e blocos do KK 5000, para permitir a realização dos trabalhos com segurança.

    Outro ponto que muito inquieta os citadinos do mesmo distrito é o facto de o comunicado não precisar uma data de conclusão dos referidos trabalhos, especificando, entretanto, que o reabastecimento de água estará dependente da conclusão da referida intervenção.
    ‹‹“Vamos viver como? Ainda por cima estamos em época festiva, como é que vamos viver sem água?”; “Poderiam, pelo menos, aguardar até dia 2 de Janeiro de 2021”; “Precisamos melhor a nossa forma de comunicar aos clientes, porque não somos apenas utentes, mas clientes, e isso faz-nos merecedores de mais respeito”››, manifestaram, coléricos, os moradores.

    Vale salientar, que no pretérito dia 10 de Dezembro de 2020, a EPAL emitiu um comunicado que dava conta da restrição no abastecimento de água nas referidas zonas, devido aos trabalhos de construção da linha de alta tensão para a nova subestação eléctrica do Bita, porém, tal documento foi posto a circular oficialmente no primeiro dos três dias que tal intervenção ocorreria.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Proposta de Lei dos Crimes de Vandalismo de Bens e Serviços Públicos – Quem destruir património pode ir 15 anos para a cadeia

    O Conselho de Ministros de Angola, reunido sob a orientação do Presidente João Lourenço, examinou três propostas de lei destinadas à Assembleia Nacional. Em...

    Ministro da Cultura de Angola e Maria Borges Buscam Parcerias Internacionais para Música Angolana”

    O Ministro da Cultura, Filipe Silvino de Pina Zau, recebeu em seu gabinete a renomada modelo internacional Maria Borges, que também exerce o cargo...

    JEO MC estreia-se como atleta de MMA e sagra-se campeã nacional

    Por: Helder Lourenço A gladiadora dos Reis de Rompimento Primeira Liga (RRPL), Jeorgina Ludmila, conhecida nas lides artísticas como Jeo MC, estreou-se como atleta de...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto