- Publicidade -

More

    Muzongué da Tradição ao ritmo de Puto Português, Zecax e Calabeto

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Os músicos Puto Português, Calabeto, Zecax e Augusto Chacaia são as atracções principais do programa Muzongué da Tradição, edição de Outubro, a decorrer este domingo no Centro Cultural e Recreativo Kilamba, em Luanda.
    Segundo o gestor do espaço, Estêvão Costa, que avançou a informação hoje à Angop, a intenção é colocar à disposição do público uma variedade rítmica assente no semba e feito por jovens e cotas.
    “São duas escolas completamente diferentes, mas que tudo fazem para manter bem viva a chama da música angolana. É um jovem (Puto Português) e três cotas, que onde passam arrastam multidões, razão pela qual vamos tê-los no quintal do Kilamba”, reforçou.
    O responsável informou que Puto Português terá o acompanhamento instrumental da sua banda, enquanto os demais artistas serão assessorados pela banda Kimbambas do Ritmo.
    Segundo Estêvão Costa, a ida de Puto Português, músico que começou a sua carreira no mundo do kuduro, visa essencialmente responder as enormes solicitações dos frequentadores do espaço para o mesmo faça do Kilamba uma morada habitual. “Os músicos da actualidade passam no Kilamba e o Puto Português é um destes artistas que tem dado cartas no mercado angolanos”, frisou.
    Relativamente aos demais convidados, o responsável adiantou que as suas chamadas resulta do facto de terem um peso no mercado do semba e da música angolana que merece serem ouvidos ao vivo sempre que for necessário.
    “São artistas com nome e peso no music hall angolano. Têm dado provas de que a música angolana ainda pode contar com eles”, adiantou.
    Historial dos convidados
    Puto Português – ingressou no mundo da música em 1999, contando com um grande apoio do amigo Nacobeta, com quem lançou duas obras “A dupla e um ano “ e “Kuduro is Live”.
    A solo tem no mercado o disco “Geração do Semba”, totalmente virado ao semba.
    António Miguel Manuel Francisco “Calabeto”, nascido em Luanda, a 3 de Abril de 1945, iniciou a sua actividade na Missão Evangélica, fazendo parte do coro daquela congregação religiosa.
    Em 1958, Calabeto fundou a Turma Rio de Janeiro.
    Com uma carreira iniciada na década de 1950, Calabeto possui um repertório onde se destacam os temas “Nzambi”, “Ngolo Yami”, “Avante o Poder Popular”, “Tussocana Kiebi”, “Camarada Presidente”, “Nguami Maka”, “A Vitória é Certa”, “Ngui dia ngui nua” e “Divórcio”.
    José António “Zecax” já integrou os agrupamentos “Angolenses”, “Mini Bossa”, “Diamantes Negro”, “Jovens do Prenda”, “Os Merengues”, “Os Kiezos” e “Semba África”.
    Augusto Chacaia, antigo integrante do agrupamento Jovens do Prenda, tem um repertório onde se destacam os temas “Samba Samba”, “Jienda já Luanda”, “Isabel”, “Tété”.
    O Musonguê da Tradição é um programa que acontece mensalmente do primeiro domingo de cada mês, sendo direccionado a divulgação e preservação da música angolana. O programa é promovido pelo Centro Cultural e Recreativo Kilamba tendo como foco a música angolana feita entre os anos de 1970 e 1980.
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Supermercado O Patriota Realiza Primeira Edição do Projeto Social ‘Sopa Solidária Patriótica’ e Distribui 100 Cestas Básicas”

    O supermercado "O Patriota", anteriormente conhecido como Supermercado BIG ONE Patriota, demonstrou um exemplo inspirador de solidariedade ao realizar a primeira edição do projeto...

    Casal presidencial passeia pelas dunas do Parque Nacional do Iona

         O Presidente da República andou de moto nas dunas do Parque Nacional do Iona. Um momento de descontracção com o qual lançou um...

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto