- Publicidade -

More

    Platinados alegam que os cobradores são os causadores dos conflitos com os passageiros

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Arieth Silva

    Especialistas afirmam falta de formação como a base dos conflitos gerados pelos taxistas e cobradores

    Desentendimentos entre Taxistas, Cobradores e Passageiros, que até mesmo resultam em morte, actualmente tem sido uma das maiores preocupações por parte da população angolana, em particular os habitantes da cidade capital Luanda.

    Facto esse que levou o PLATINALINE, a abrir um inquérito em que internautas deixaram as suas opiniões, sendo 77,3% apontam os cobradores como os causadores de conflitos com passageiros, pelo que, foram  ouvidos 4 mil internautas.

    Apesar de atuarem em diferentes áreas de trabalho, Wassamba Neto, Director Adjunto do INADEC, Francisco Paciente, Presidente da Associação Nova Aliança Taxistas de Angola (ANATA) e o Advogado Edgar Fonseca, analisaram de forma profunda o cenário sobre os inúmeros factores que podem provocar as desavenças entre Cobradores e Passageiros.

    Wassamba Neto que traz uma abordagem centrada para os direitos dos passageiros aponta que a falta de troco e a falta de educação, quer seja, dos taxistas e cobradores como um dos motivos dos conflitos. Alertando de igual modo, as Associações de Taxistas, sobre a necessidade de requisitar perfil adequado as pessoas que desempenham tais serviços, chamando a atenção ao dever de se primar pela formação dos seus associados a fim de garantirem um serviço com maior qualidade possível.

    Já Francisco Paciente, que apresenta uma narrativa em defesa dos taxistas e cobradores, destacou a falta de formalização e profissionalização como um dos problemas que está na base da péssima relação taxista-passageiro. Acrescentando que, a falta de qualidade surge em função do facto do “azul e branco” nos termos da lei ser considerado serviço de transporte público ocasional, o que leva a qualquer indivíduo com uma carta de condução duvidosa ou não, transportar pessoas de uma localidade para outra.

    “Em Angola os motoristas de táxi em azul e branco além da carta de condução, não têm outra formação específica para lidar com as pessoas. Daí, a nossa reivindicação enquanto representantes da classe, exigir que todos motoristas e cobradores tenham antes de conduzir um cadastramento obrigatório”, disse Francisco, realçando o quão é importante submeter os taxistas e cobradores a uma formação em relações-públicas, Ética e deontologia profissional, higiene e segurança no trabalho, boa apresentação, técnicas básicas de primeiros socorros. Uma particularidade que segundo fez saber já acontece em alguns países da lusofonia.

    Ainda sobre os direitos dos passageiros, Wassamba Neto salientar que é dever dos prestadores de serviço de táxi assegurar o direito e qualidade de bens e serviços.

    “Esses serviços devem oferecer soluções e estar preparados devidamente para prestar trabalho de qualidade que se impõe, onde esteja assegurada a saúde e proteção dos direitos económicos do consumidor, bem como aqueles que se beneficiam desses serviços consigam estabelecer uma relação amena e de confiança entre quem presta e quem consome”, explicou Wassamba Neto.

    Numa sua visão Jurídica, o advogado Edgar Fonseca, frisa tratar-se de um contrato informal em que ambas as partes têm obrigações a cumprir.

    “O cobrador tem a obrigação de prestar o seu serviço com zelo e urbanidade e, quanto ao passageiro a sua obrigação passa por pagar o preço estipulado, bem como, manter o meio de transporte limpo para que outros passageiros possam encontrar um meio sadio”, começou por dizer.

    Edgar Fonseca salientou ainda que há uma dupla responsabilidade no que concerne a falta de trocos e que se fossem cumpridas se evitaria os transtornos entre cobradores e passageiros.

    “Os cobradores têm de se certificar antes de começar o trabalho que têm notas de valor fácil que possam facilitar na entrega do troco aos passageiros e, quanto aos passageiros, de forma solidária e de modo a facilitar a questão dos trocos fazerem-se acompanhar de moeda com valor fácil baixo”, finalizou.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Empresários Clenio e Clesio Gomes Oferecem Quadro Pintado por Adão Mussungo ao Ex-Presidente Nigeriano Olusegun Obasanjo Durante Jantar Privado em Sua Residência

    Durante um jantar privado em sua residência, os empresários Clenio e Clesio Gomes surpreenderam ao oferecer um quadro pintado por Adão Mussungo ao ex-presidente...

    “Aqui o artista é obrigado a cantar algo que não é do seu agrado”, diz Pai Banana

    Por Sara Rodrigues Em uma entrevista exclusiva ao PLATINALINE, o renomado músico angolano Pai Banana compartilhou suas reflexões sobre a difícil realidade enfrentada pelos artistas...

    Tony Amado repudia atitude de kuduristas que mendigam ajuda: “Parem com isso”

    Por Sara Rodrigues Tony Amado, reconhecido como o rei do Kuduro, lançou um apelo contundente aos seus colegas da indústria, instando-os a abandonar a prática...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto