- Publicidade -

More

    Poesia completa de Agostinho Neto lançada em França

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A obra poética completa do poeta presidente Agostinho Neto será lançada em França a 19 de Setembro.

    A Embaixada da República de Angola em França lançará no próximo dia 19 de Setembro, em Paris, uma obra traduzida para francês da poesia completa do poeta presidente Agostinho Neto. A iniciativa conta com o apoio da Fundação Agostinho Neto e o livro terá a chancela das edições Alexandrines.

    A obra reúne pela primeira vez em língua francesa a trilogia poética “Sagrada Esperança”, “Renúncia impossível” e “Amanhecer”. Trata-se da segunda edição em língua francesa publicada em Paris do Livro 1 – “Sagrada Esperança”. Outras publicações já foram feitas sobre o mesmo tema. A presente versão foi retomada integralmente da Edição especial trilingue (português, francês e inglês) “Sagrada Esperança”, publicada em Luanda em 1986, e magistralmente ilustrada pelo pintor António Pimentel Domingues. O tradutor em língua francesa tinha sido o distinto Professor Jean-Michel Massa, Professor emérito da Universidade de Rennes 2, França.

    A Professora reformada Annick Moreau, especialista em língua portuguesa, fez a tradução dos livros “Renúncia impossível – L’impossible renoncement” e “Amanhecer – L’aube” e assinou o prefácio da obra.

    Numa mensagem constante na obra, o Embaixador de Angola em França, Miguel da Costa considerou que: “Agostinho Neto utiliza a sua poesia para levar a uma tomada de consciência geral sobre a situação insustentável das populações colonizadas e para encorajar as elites a tomar a iniciativa e mostrar o caminho para a mudança, agir sem demora. Dirige-se às elites – essas mesmas que podem ter acesso aos seus poemas e que são mais susceptíveis de compreendê-los – que assim se tornam os potenciais médiuns das suas reflexões”.

    Segundo o diplomata angolano, a Embaixada de Angola em França pretende deste modo dar um contributo na divulgação da literatura angolana, especialmente do poeta Agostinho Neto, que é um dos cânones literários em Angola. “Procuramos com esta tradução contornar o handicap da língua francesa e procuramos que o trabalho dos nossos criadores esteja acessível não apenas aos franceses, mas neste caso, ao universo da francofonia”.

    Para Maria Eugénia Neto, Presidente da Fundação Agostinho Neto, “é urgente levar ao conhecimento da juventude os valores humanos da “geração da libertação”, essa geração sacrificou tudo para acabar com um período injusto da história da humanidade, que vai da escravatura até ao fim do colonialismo”.

    Igualmente na introdução, Maria Eugénia Neto, que também é escritora, considera que “o poeta tornou-se o defensor da libertação do homem e da fraternidade humana. Médico de profissão, o poeta colocou a primeira pedra do edifício universal da paz, da concórdia e do desenvolvimento de todos os seres humanos. Regozijemo-nos por estarmos presentes hoje, para saudar esse grande poeta africano! Os poetas pertencem ao mundo, são os messageiros da Humanidade”.

    No final da obra, consta uma cronologia ilustrada do poeta presidente Agostinho Neto, assim como a sua biografia actualizada que faz uma reconstituição da sua vida política e literária.

    Para as comemorações do dia do Herói Nacional, a Embaixada de Angola em França irá igualmente albergar, no dia 19 de Setembro, uma conferência sobre a poesia do poeta presidente Agostinho Neto.

    A sessão será animada por Ana Rocha, especialista da obra poética de Agostinho Neto, para além das intervenções do jornalista angolano José Luís Mendonça que desenvolverá o tema “Agostinho Neto e a cidadania poética do homem negro”, assim como o distinto Professor Catedrático italiano, Giuseppe Grili, da Universidade Roma 3, cuja intervenção incidirá sobre “a essência do pensamento do presidente Agostinho Neto segundo os seus poemas”.

    (Adido de Imprensa em França, Adebayo Vunge) 

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Shopping fortaleza incentiva as crianças a adoptarem práticas sustentáveis

    Com o objectivo de educar e entreter as crianças neste mês especial, o Shopping Fortaleza disponibilizou gratuitamente uma série de actividades que promovem valores...

    Passing Toloba pede ao Presidente da República que institua o Dia Nacional do Kuduro em Angola: “Por favor”

    Por: Sara Rodrigues Através dos microfones do PLATINALINE, o controverso kudurista Passing Toloba apelou ao Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, para instituir uma...

    Eduardo Paim “chora” após singela homenagem de Calado Show

    Por: Helder Lourenço O consagrado Rei da Kizomba, Eduardo Paim, emocionou-se ao ser homenageado num evento intimista em Luanda pelo humorista Calado Show. Com palavras...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto