- Publicidade -

More

    Presidente americano Barack Obama, recebe carta com veneno mortal

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    barack-obama-re-elected-as-us-president-pg

    Uma carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, com uma substância suspeita foi recebida no setor de triagem de correio da Casa Branca na terça-feira, e testes preliminares mostraram que continha o veneno letal ricina, informou o FBI nesta quarta-feira.

    Um comunicado do FBI disse que foi recebido um envelope endereçado ao presidente “contendo uma substância granular que teve resultado para ricina num teste preliminar”.

    O setor onde a carta foi recebida fica em local remoto, afastado da Casa Branca, disse o porta-voz do Serviço Secreto, Edwin Donovan, em comunicado.

    “Este setor rotineiramente identifica cartas ou encomendas que exigem uma segunda triagem ou testes científicos antes da entrega”, disse Donovan.

    “O Serviço Secreto está trabalhando em conjunto com a Polícia do Congresso dos EUA e o FBI nesta investigação”.

    Na terça-feira, autoridades norte-americanas interceptaram uma carta enviada ao senador do Mississipi Roger Wicker que testes preliminares mostraram conter o veneno letal ricina.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    FAF oferece viatura ao presidente da APF do Uíge

    A Federação Angolana de Futebol(FAF) ofereceu, na manhã desta Quinta-feira(25), uma viatura da marca Mahindra ao Presidente da Associação Provincial de Futebol do Uíge,...

    Bantu Bet Angola inaugura 1ª loja física no Lobito

    No dia 20 de Abril, a BantuBet Angola inaugurou a sua 10.ª loja física, desta vez fora da capital, no Lobito, província de Benguela....

    Noite e Dia dispara contra Jéssica Pitbull no seu novo trabalho musical ‘Sanzaleira do Bairro

    Depois do lançamento do seu último EP, intitulado 'Truta', a Kudurista angolana Noite e Dia regressa aos lançamentos musicais de forma estrondosa com a...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto