Professor universitário da UAN levanta debate após concordar com PR. João Lourenço sobre a fome em Angola

0
152

 

“A fome é relativa, sim!”

Por: Hélio Cristóvão

Benjamim Fernando, professor de Língua Portuguesa, da Universidade Agostinho Neto, levantou um acirrado debate nas redes sociais após emitir a sua opinião, sobre a frase viral, proferida pelo Presidente da República João Lourenço, no VIII Congresso do MPLA, quando disse que a questão da fome em Angola “é sempre relativa”.

No seu discurso nas redes sociais, o docente disse ser doloroso observar pessoas com dificuldades de interpretar ou analisar um discurso, que, por antipatia ao Presidente do MPLA e Chefe de Estado, enchem as redes sociais de opiniões que descontextualizam de forma intencional a expressão polémica, ignorando o sentido “relativo” enquanto oposto de “absoluto”.

“Se a fome, em Angola, fosse absoluta, decerto teríamos o PAM (Programa Alimentar Mundial) por todo o território nacional. Temos todos noção do que se passa no Sul do País, por razões naturais e inactividade do Homem, ou pela actividade deste ao violentar o ambiente, destruindo as árvores e todo um ecossistema”, Disse.

O catedrático situou que, em Luanda, por exemplo, se os produtos do campo que se deterioram nos grandes mercados fossem bem aproveitados “não estaríamos a comentar sobre fome relativa ou fome absoluta”.

“No entanto, tentar dar a entender ao Mundo que o nosso Presidente desconhece a realidade angolana é absurdo”, concluiu.

O discurso do catedrático gerou opiniões divergentes entre os alunos que deve levar a outras análises sobre o tema. E você, o que pensa sobre o assunto ? Como podemos acabar com a fome em alguns pontos de Angola e no Mundo?

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments