Com o objectivo de despertar a autoestima e a comunhão nos lares, direccionar o indivíduo para que este tenha um bom percurso e seja parte do bem-estar de uma família e consequentemente da sociedade em que está inserido, o projecto “Borboleta”, desenvolvido pela psicóloga Iria Corrêa Victor, juntamente com a terapeuta de casais Emília Pinto, nasce como um canal de ajuda para casais e também solteiros em Angola.

Em declarações ao PLATINALINE, as psicólogas contaram sobre o tema a ser abordado nesta primeira edição do encontro para casais e futuros casais, bem como o que o evento reserva para os presentes. “Nesta que será a nossa primeira actividade enquanto projecto, preparamos um leque de matérias ricas em exemplos, conselhos e ensino para os casais e solteiros que lá estarão, queremos apresentar um conteúdo de qualidade para aqueles que nos visitarem, vamos proporcionar um ambiente que seja agradável, persuasivo e de extrema comunhão, vamos abordar exactamente assuntos que possam ajudar a ter um relacionamento saudável, a serem pessoas bem resolvidas e ter uma estrutura firme para manter uma relação e preparar os solteiros para uma vida conjugal por intermédio do ensino que levarmos”, disse.

Iria Corrêa Victor, Psicóloga Criminal, acrescentou, lamentando, o facto da comunidade em Angola não ter a disponibilidade de expor seus sentimentos ao próximo, o que pode muitas vezes deixar um indivíduo depressivo. “Infelizmente, temos visto um excesso de bens monetários de pais para filhos, achando que isso serve para de facto amar o próximo, nada justifica a ausência de um pai, uma mãe, um esposo, uma esposa, precisamos entender que todo excesso tem alguma falta, por isso temos visto diante dos olhos o nível de frustração, delinquência, mortes e tantos outros problemas sociais, tudo porque, infelizmente, determinados pilares não tem mantido suas posições, a nossa sociedade tem um alto nível de depressão, o meu conselho para os casais é que fiquem tranquilos, mantenham o diálogo, cultivem uma boa comunicação, tenham capacidade para resolver problemas internos, não peçam justificação de actos, não rotulem seus parceiros, tenham vontade de vencer na vida juntos”, finalizou.

O evento, que acontece no próximo sábado, 27 de Março, no Projecto Nova Vida, rua 6, vivenda número 191, com a duração de quatro horas, reserva muitas outras surpresas para os que se fizerem presentes.

Por: Leo Bernardo