- Publicidade -

More

    Ricos por acaso

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    UM DIA VOCÊ TEM UMA IDEIA, NO OUTRO ESTÁ CHEIO DE DINHEIRO. PASME: ISSO JÁ ACONTECEU COM MUITA GENTE.

    Ah, o dinheiro! O grande motor que faz girar as engrenagens da humanidade. O motivo pelo qual alguns dedicam a vida inteira e outros sonham acordados dia e noite. Meu pai sempre disse que havia três formas de se fazer fortuna: de maneira honesta e difícil, de maneira desonesta e perigosa ou então sendo uma ‘’baita’’ de uma sortuda.

    Como vocês podem perceber, eu continuo firme e forte no primeiro caminho, dando duro aqui na redacção da Platina Line. Mas, sem perder o fio da meada, vamos voltar ao assunto principal. Neste artigo, em específico, enriquecer por acaso tem muito mais a ver com o poder da criatividade do que propriamente com um bilhete de loteria premiado.

    Ao pensarmos sobre o assunto, é impossível não questionarmos a origem das ideias que vêm fazendo o pé-de-meia dos seus donos. De onde elas surgiram? Será que vieram de uma estadia prolongada no ‘’quarto-de-banho’’? De um chá que mistura plantas exóticas com chocolate? De contactos imediatos de terceiro grau? Tire as suas próprias conclusões.

    Vamos a alguns exemplos?

    1.Show do milhão

    Quando Alex Tew, aos 21 anos, teve e colocou em prática a ideia da “The Million Dollar Homepage”, certamente irritou a muitos. Quando você entra, vê e entende o que se passa no site, fica difícil não esbravejar um “como é que eu não pensei nisso antes?”. É, infelizmente, foi ele quem ganhou fama (e muita gordura na conta bancária) por fazer valer o que acreditava.

    O conceito por trás de tudo é simples: ele montou um site e disponibilizou uma resolução composta por 1 milhão de pixels. Sendo assim, vendeu cada um dos benditos pixels por 1 dólar. Junto a cada pedacinho de imagem, cada comprador podia também colocar um link para divulgar o seu site. Inteligente também foi a tática de vendas de Tew. Embora também vendesse pixels avulsos, a arquictetura do site permitia que investidores adquirissem vários pixels para formar imagens grandes e chamar a atenção da maneira que bem entendessem.

    Para evitar que a página se tornasse um covil de conteúdo impróprio, o desenvolvedor também proibiu (a) pornografia e imagens ou links que patrocinassem qualquer tipo de discriminação. Resultado: o jovem levantou o dinheiro em menos de seis meses e o seu trabalho ganhou o status de um caso de marketing — e agora, o que fazer? Amar ou odiar um jovem como o Tew?

    O Pai Natal existe… E é capitalista!

    Tire as crianças da frente do PC antes de ler os próximos parágrafos. O responsável por responder a cartinhas de crianças do mundo inteiro deve estar a nadar em dinheiro neste exacto momento. Pelo visto, ele também é um tremendo pão-duro.

    Este REI não identificado mergulhou fundo nos desejos infantis e decidiu responder aos e-mails das crianças com cartas de verdade que, ainda por cima, vêm remetidas do Alasca. Espera aí: mas o Pai Natal não vive no Polo Norte? Só porque ambos os lugares são frios, o criador do site acha que as crianças são burras? Coitadas, mais um engano!

    Agora, vamos calcular a renda do espertinho. Segundo os dados revelados, foram enviadas mais de 300 mil cartas de resposta desde que o site foi criado — cada uma delas pelo módico custo de US$ 9,95. Com a ajuda da calculadora do “Windows”, descobrimos que isso dá quase US$ 3 milhões, ou mais ou menos US$ 300 mil por ano.

    Ok, ok, até se pode dizer que é um trabalho. Afinal, é preciso colocar as cartas no correio e ter uma impressora que dê conta dos milhares de pedidos. Mas trabalhar um mês por ano e ter capital suficiente para viver os outros 11 é algo que todo mundo quer! Mais fácil que tirar doce de criança. Ai!!

    E por último… Hit no YouTube

    Não podemos nos esquecer da última modalidade, que habita o inconsciente de 11 entre cada 10 video-loggers: virar um vídeo-maker de sucesso no YouTube e ganhar alto com isso. O início é penoso, não podemos negar — possuir um equipamento de filmagem de qualidade, saber trabalhar com algum “software” de edição, ter alguma noção de técnicas de direcção e ainda por cima ter criatividade não é para qualquer um.

    A situação se complica mais ainda quando falamos de Joe Penna, o famoso Mistery Guitar Man. Além de tudo o que foi citado acima, o ‘’doido’’ ainda é formado em Medicina pela Universidade de Massachusetts e toca pelo menos 312 instrumentos (ainda estou a verificar a veracidade desses dados, assim como uma teoria que diz que o rapaz dorme apenas uma hora e meia por noite).

    Ford, Coca-Cola, McDonalds… Conhece? Pois é, são algumas das marcas para quem Joe trabalhou depois da fama dos seus vídeos no YouTube. Está certo, talvez o Guitar Man não tenha ficado rico por acaso e seja munido de uma boa dose de talento (há também a hipótese de que ele seja o primeiro ser vivo com capacidade de existir em stop motion por breves períodos). Então, fica aí uma dica: continue desenvolvendo múltiplas habilidades e não deixe nunca de arriscar. Por mais bizarra que seja a sua ideia, não pare de acreditar nela. O máximo que pode acontecer é perder o seu investimento e ficar pobre. Caso contrário, se você conseguir ficar milionário, entre em contato comigo (mel.agy@hotmail.com) para que possa fazer uma pauta exclusiva sobre o seu sucesso. Também aceito ingressos para shows e festas de gala como forma de agradecimento.

    Por Cátia Agy/Maputo, Moçambique

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Bráulio Zp classifica Manuel Homem como “amigo do Povo”

    Numa entrevista cedida ao programa radiofónico “Dia Alegre”, da Platina Fm, nesta Quarta-feira(24), o cantor angolano Bráulio Zp classificou o actual Governador da Província...

    Bráulio Zp revela que quase forjou sua detenção para criar plano de marketing: “Desnecessário, sou pai de família”

    Por: Liliana Victor Ainda na senda das estratégias para ganhar engajamento na internet e chamar a atenção do público, o kudurista Bráulio Zp fez uma...

    Grupo OMNIdata em parceria com a DELL realizam conferência sobre “ Segurança digital em um mundo conectado “

    A empresa OMNIdata realizou, nesta Terça-feira(23), no hotel Palmeira, em Talatona, uma conferência sobre Segurança digital num mundo conectado, com finalidade de ajudar várias...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto