- Publicidade -
InícioEspeciaisActualidadeSegundo o Ministério da Acção social, Família e Promoção da Mulher as...

Segundo o Ministério da Acção social, Família e Promoção da Mulher as mulheres em Luanda têm menos oportunidades

- Publicidade -
Segundo um estudo feito sobre a diversidade no mercado de trabalho em Luanda, no período de Setembro de 2019 a Junho de 2020, apresentado nesta quinta feira (22), pela Ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, num encontro denominado “Mais Inclusão”, indica que a participação de mulheres no mercado de trabalho é de 17 mil, que equivale a 36% contra 30. 509, correspondente a 64% num universo de 47.510, inqueridas.
Apesar das mulheres serem melhor qualificadas no ensino superior em maior percentagem em relação ao sexo masculino, segundo o inquerito feito, chegou-se a conclusão que as mulheres têm menos oportunidades no mercado de trabalho.
Não obstante, segundo a Ministra, a inclusão das mulheres e de pessoas portadoras de deficiencia, bem como os albinos, também constituem uma preocupação, pois estudos indicam que a inclusão de deficientes em Luanda corresponde a 0,6%.
Por: Ladiana Wemana ( estagiária)
- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments