- Publicidade -

More

    Serviço após-venda é prioridade estratégica da Ford

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A Ford em Angola reforça a atenção aos clientes das províncias e aposta no serviço após-venda e assistência técnica.
     
    Lançamento de tabelas fixas de custos de manutenção para todas as viaturas da marca é iniciativa pioneira.
     
    Serviço após-venda espera crescer 15% em 2015
     
    A Robert Hudson e a Ford, elegeram o serviço de após-venda e peças como uma das prioridades estratégicas para 2015. Campanhas regulares previstas ao longo do ano no serviço após-venda, é a aposta do distribuidor para valorizar a assistência às viaturas da marca, e ir de encontro às necessidades dos consumidores nesta área.
     
    Entre Março e Abril, a Ford e a Robert Hudson tiveram em curso uma campanha promocional nas cidades de Benguela e Lobito garantindo a substituição do filtro de ar, de óleo e de combustível, com a mudança de óleo e mão-de-obra incluídas. Esta campanha registou um aumento de visitas na ordem dos 92% aos serviços em promoção, comparativamente ao período homólogo ao ano passado. Ao mesmo tempo foi registada uma taxa de retorno na ordem dos 6,25% de clientes que já não iam às oficinas há mais de 1 ano.
     
    “Queremos dar mais atenção aos clientes das províncias e potenciar o facto de a Ford já assegurar uma cobertura de 65% do território angolano e estar presente em 11 províncias”, diz Gabriel Almeida, Administrador Delegado da Robert Hudson, para quem “a tendência de deslocalização de Luanda é uma consequência natural da expansão geográfica e crescimento da marca”.
     
    A assistência após-venda nas oficinas oficiais da marca é essencial para a boa manutenção e para o aumento do tempo de vida da viatura. Nas oficinas oficiais existem técnicos especializados e com formação adequada a diagnosticar e reparar as avarias com recurso a canais de apoio da marca Ford.
     
    Ainda, inserida na aposta de valorização do serviço após-venda está outra iniciativa pioneira: o lançamento e divulgação de tabelas fixas de custos de manutenção em todas as viaturas.
     
    Outro tipo de iniciativas serão as campanhas de peças. Actualmente, a central de peças da Robert Hudson tem mais de 11.800 referências disponíveis. Em termos geográficos, a marca dispõe de um serviço central de peças no Lar do Patriota e oficinas próprias em Luanda (Talatona e Maculusso), Benguela, Lobito e Malanje, além de oficinas de apoio nos agentes espalhados pelo país.
     
    As estimativas para este ano apontam para um crescimento de 15%. Diariamente, a Robert Hudson dá assistência, em média, a 65 viaturas, das quais 47 na sua sede em Talatona e 18 na oficina de serviços rápidos Quick Lane, no Maculusso. No conjunto, a empresa emprega 112 funcionários nos serviços de após-venda.
    Share this
    Tags

    A Bombar

    José Paciência fala sobre preconceitos no seio Artísticos “Nós temos lutado com pessoas erradas”

    Em um mundo onde a arte é muitas vezes definida por fronteiras rígidas e expectativas preestabelecidas, José Paciência com uma carreira marcada por obstáculos...

    INADEC realiza 1ª edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial

    O INADEC realizou, nesta Sexta-feira(12), no Ministério do Comércio, a primeira edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial. O evento teve como objectivo...

    Comité Mister Angola comemora 25 anos de existência com jantar intimista

    O comité Mister Angola celebrou os seus 25 anos de existência, neste Domingo(14), com um jantar intimista que reuniu todos os misteres e patrocinadores...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto