- Publicidade -

More

    Supersport transmite em exclusivo jogo das estrelas

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    Paul, Deng, e os irmãos Gasol, participam no primeiro jogo da NBA em África, no dia 1 de Agosto Popovich, dos Spurs, treina a equipa de África; Hollins, dos Nets, treina a equipa do Mundo

    A National Basketball Association (NBA) e a National Basketball Players Association (NBPA) anunciaram hoje a lista de jogadores que vão participar no primeiro jogo NBA em África, que será disputado no dia 1 de Agosto, na Ellis Park Arena, em Joanesburgo, África do Sul.

    Com bilhetes esgotados, o NBA Africa Game 2015 colocará frente a frente uma equipa de África contra uma equipa do Mundo. Estas duas equipas vão jogar para ajudar as instituições Boys & Girls Clubs, SOS Children’s Villages Association e a Nelson Mandela Foundation, todas localizadas na África do Sul.

    O jogo será transmitido em directo e em exclusivo pela SuperSport, a partir das 13h30m (hora de Luanda), nos canais SS Máximo e SS6. No mesmo dia haverá reposição às 18h30 nos canais SSMáximo e SS7.

    A equipa de África, formada por atletas nascidos em África ou filhos de pais africanos, terá como capitão de equipa (duas vezes NBA All-Star) Luol Deng (Miami Heat, Inglaterra, nascido no Sudão do Sul); Al-Farouq Aminu (Portland Trail Blazers, EUA, filho de nigerianos); Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks, Grécia, filho de nigerianos); Nicolas Batum (Charlotte Hornets, França, filho de camaroneses); Bismack Biyombo (Toronto Raptors, nascido no Congo); Boris Diaw (San Antonio Spurs, França, filho de senegaleses); Gorgui Dieng (Minnesota Timberwolves, nascido no Senegal); Festus Ezeli (Golden State Warriors, nascido na Nigéria); Serge Ibaka (Oklahoma City Thunder, nascido no Congo)*; e Luc Mbah a Moute (Sacramento Kings, nascido nos Camarões).

    A equipa do Mundo, formada por atletas do resto do mundo, terá como capitão de equipa o Presidente da NBPA (oito vezes NBA All-Star) Chris Paul (Los Angeles Clippers, EUA); Bradley Beal (Washington Wizards, EUA); Kenneth Faried (Denver Nuggets, EUA); Marc Gasol (Memphis Grizzlies, Espanha), Paul Gasol (Chicago Bulls, Espanha); Jeff Green (Memphis Grizzlies, EUA); Marcus Smart (Boston Celtics, EUA); Evan Turner (Boston Celtics, EUA and Nikola Vucevic (Orlando Magic, Montenegro).

    Cinco vezes Campeão da NBA, Gregg Popovich irá treinar a equipa de África, tendo o Treinador de NBA do Ano, Mike Budenholzer, do Atlanta Hawks, e o treinador assistente do Oklahoma City Thunder, Monty Williams, como assistentes. O Director Geral do Brooklyn Nets, Billy King, e o Director Geral do Toronto Raptors, Masai Ujiri, serão os Directores Gerais da Equipa de África, com Eric Waters (Washington Wizards) como preparador físico da equipa.

    O treinador do Brooklyn Nets, Lionel Hollins, vai treinar a Equipa do Mundo, com o treinador do Boston Celtics, Brad Stevens, como assistente. O Director Geral do San Antonio Spurs, R.C. Buford, será o Director Geral da Equipa do Mundo, e Keon Weise (Orlando Magic), será o preparador físico da equipa.

    O comissário da NBA, Adam Silver, estará presente no jogo ao lado do Embaixador Global da NBA, Dikembe Mutombo (Congo) e do Embaixador da NBA de África, Hakeem Olajuwon (Nigéria).

    O jogo vai ser disputado após a realização da 13ª edição do Basketball Without Borders (BWB) Africa, o programa mundial de desenvolvimento do basquetebol e assistência à comunidade da NBA e da FIBA, que, desde 2003, já envolveu nas suas actividades mais de mil jovens de 31 países africanos.

    Como parte dos esforços do BWB e da NBA Africa Game, o NBA Cares – programa de responsabilidade social global da liga – e a NBPA Foundation organizarão vários eventos de forma a deixar um legado duradouro na comunidade. Com apoio da Ford, vários jovens sul africanos vão participar numa sessão intitulada ‘Jr. NBA’, na quarta-feira, dia 29 de Julho, na American International School de Joanesburgo. Também a escola Hoops 4 Hope levará a cabo sessões de competências para a vida, apresentadas pela South African Airways. Durante a semana, os jogadores, treinadores e lendas da NBA participarão em várias sessões dedicadas à liderança, saúde e bem-estar destinadas aos participantes do BWB.

    Membros da família da NBA reunir-se-ão no novo edifício do Boys & Girls Club, em Protea Glen na quinta-feira, dia 30 de Julho, para participarem na entrega de um campo de basquetebol a esta instituição e numa sessão apresentada pela NIKE.

    Sexta-feira, dia 31 de Julho, é o dia em que pelo terceiro ano consecutivo jogadores da NBA vão visitar a SOS Children’s Village, em Ennerdale, uma organização que se dedica a construir famílias para crianças abandonadas e órfãos. O NBA Cares e a NBPA Foundation têm para com esta ‘vila’ um compromisso duradouro e permanente, com vista ao seu bom funcionamento. Deste compromisso fazem parte a concretização de projectos como a remodelação da biblioteca local e a construção de um novo campo de basquetebol, entre outros.

    Recorde-se que a NBA tem uma longa relação com África – mais de 35 jogadores do fizeram e fazem parte das equipas da NBA desde que Hakeem Olajuwon se estreou, em 1984. A NBA abriu um escritório em Joanesburgo em 2010.

    Para mais informação, os fãs podem visitar nba.com/africa; Facebook.com/Africa e Twitter @NBA_Africa e usar o hashtag #NBAAfricaGame.

    *Não jogará devido a lesão

    CITAÇÕES DOS JOGADORES

    “Estou ansioso por representar a equipa do Mundo neste primeiro jogo da NBA em África”, afirmou Paul. “Será a minha primeira visita ao continente e mal posso esperar para colaborar com o crescimento do jogo dentro e fora do campo”

    “Estou muito orgulhoso de fazer parte deste primeiro jogo da NBA em África”, afirmou Deng. “Sendo oriundo do Sudão do Sul, e tendo participado anteriormente no Basketball Without Borders Africa, em Joanesburgo, estou muito honrado por participar neste evento histórico”

    “Quando soube do jogo da NBA África, não quis perder a oportunidade de participar”, afirmou Pau Gasol. “O continente africano tem um significado especial para mim, designadamente devido ao trabalho da minha própria Fundação. Tenho muita vontade de jogar e oferecer um bom espectáculo aos fãs, e de participar em actividades para a comunidade local”

    “Estou emocionado por fazer parte deste primeiro jogo da NBA em África”, afirmou Diaw. “Tendo laços fortes com o Senegal, estou honrado por representar a Equipa de África neste momento verdadeiramente histórico”

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Benvindo Magalhães descarta possibilidade de algum dia apresentar Telejornal: “Nunca”

    Por: Sara Rodrigues O apresentador de TV e locutor de rádio Benvindo Magalhães deixou claro em entrevista ao Platinaline que jamais, na história da televisão...

    4ª edição do Unitel Estrelas ao Palco será emitida às quintas-feiras

    Por: Sérgio Flávio Fotos: Rosário Duarte Foi realizada hoje (28), nas instalações do canal ZAP Viva, uma conferência de imprensa para divulgar detalhes sobre a...

    De vencedor a membro da mesa de jurados: O brilhante percurso de Anderson Mário no Unitel Estrelas ao Palco

    Por: Sérgio Flávio Vencedor da primeira edição do concurso Unitel Estrelas ao Palco, Anderson Mário é um dos poucos concorrentes de projetos do gênero que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto