TAAG expande voos de Luanda para Acra

0
153

Por: Livano Domingos

Fotos: Armando

A TAAG– Linhas Aéreas de Angola– efectuou hoje, 30 de Novembro, o voo experimental regional com 14 passageiros a bordo para Acra, capital da República do Gana, no seguimento da sua política de expansão. A ligação Luanda-Acra-Luanda terá três frequências semanais, sendo os voos directos realizados à segunda-feira, quarta-feira e sábado com uma duração de quatro horas de viagem com avião Boeing 737-700NG com capacidade para 120 passageiros, 12 em classe executiva e 108 em classe económica.        

O evento de celebração, que foi marcado com a presença de várias entidades dos dois países, serviu para apresentar a imprensa local os benefícios que se poderá ter com esta rota, segundo o Administrador da TAAG, Rui Carreira, disse em entrevista que este acordo poderá unir os dois países em vários aspectos.

“Angola e Gana tem um percurso histórico muito similar e acredito que este voo vai contribuir para as consolidações entre os dois países no ramo político e também vai contribuir para as grandes aspirações de todos os africanos de forma a aumentar a conectividade. Esperamos que os cidadãos se beneficiam dos voos. Nós acreditamos que este voo vai unir dois povos irmãos, porque anteriormente não havia uma ligação directa, entre essas duas capitais”, referiu.

Sobre a importância do projecto, considerou que é a sua contribuição para conectividade entre as grandes capitais africanas, e os cidadãos das duas regiões poderão beneficiar-se com os voos intercontinentais da TAAG do ponto de vista comercial, tendo considerado que, para um cidadão angolano se deslocar ao Gana assim como vice-versa era uma ginástica muito grande. 

Na mesma ocasião, a embaixadora do Gana em Angola, Mavis Kusorgbor, sublinhou sobre a importância de se tratar de um dia histórico.   

“Em nome do governo do Gana, queremos expressar a nossa gratidão, por estar estar aqui presente, hoje é

um dia histórico nas relações bilaterais entre o Gana e Angola, o Gana e Angola tem um percurso desde 1976, na componente económica ainda se ́precisa melhorar mais, a criação de uma rota via aérea entre as duas cidades pode vir a servir como catalizador para melhorar as relações económicas e políticas entre os dois países, além dos benefícios económicos essa rota também vai poder unir as duas culturas e isso é muito importante para integração africana”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui