- Publicidade -

More

    The Voice Angola: Penúltima gala tem número record de talentos apurados

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    O The Voice Angola viu o sexto episódio apurar nada menos que oito talentos para a fase das batalhas. Até agora, este foi episódio em que mais concorrentes passaram para a fase seguinte.

    Leandro Vicente é o mais novo integrante da equipa de Walter Ananaz. O jovem conseguiu o passe para as batalhas cantando o soul “Cupido” original de Angelo Boss. Marcos Tchissingui foi o segundo a cantar na noite de ontem, com a sua prestação a passar despercebida, segundo disseram os mentores. “Você não sabe” de Alexandre Pires foi a canção por ele interpretada. “O The Voice é uma oportunidade, até mesmo para aqueles que não passam como é o teu caso, por enquanto”, incentivou Paulo Flores antes que o candidato deixasse o reality.

    Filomena Carvalho veio de Benguela viu e conquistou a oportunidade de passar para as batalhas. A candidata esteve a altura da expectativa na interpretação de “One of us” de Joan Osborne. Após alguma hesitação, Paulo Flores decidiu virar para a talento. “Ela tem duas coisas de que gosto: tem uma voz rouca como eu, cantou uma música de que muito gosto e, diga-se por sinal, canto-a bem”, justificou o mentor. Quem também esteve bem na gala de ontem foi Linford Gaspar. O jovem viu Dji Tafinha, Yola Semedo e Walter Ananaz lutarem por si. Fã confesso de Walter, Linford cantou “Me desculpa” dos O2 e não precisou de muito tempo para decidir que era para a equipa deste que queria entrar. “Cantaste naturalmente a minha música”, disse o agora seu mentor Walter Ananaz.

    Araújo Carvalho, candidato de Benguela, esteve tão bem que os mentores quase consideraram a sua actuação como “uma nova versão” da música “ “Diamonds” de Rihanna. Dispensando a banda, o talento tratou ele próprio de, com a sua guitarra, fazer o instrumental da música e entrou automaticamente para a equipa de Yola Semedo, que foi a única a virar para o candidato. E a gala continuou, com a actuação de Leonilde Teixeira que esteve bem na interpretação de “O amor” de Pérola, apesar de ter vacilado, segundo Dji Tafinha agora seu mentor. “Foi uma energia muito positiva que a todos contagiou”, enalteceu Paulo Flores.

    Ricardo Pina interpretou “All of me” de John Legend e interpretou-a bem, segundo Paulo Flores. “O Ricardo fez-nos esquecer o John Legend e fez-nos concentrar nele”, elogiou Paulo enquanto Dji era de opinião que cantar John Legend não é fácil. Yola Semedo disse acreditar que Ricardo tem a energia masculina que a mentora busca para o seu grupo. Muito por conta dessa persuasão, Ricardo acabou efectivamente por juntar-se à equipa Yola Semedo. Wilton dos Santos cantou, com brio, “Esse cara sou eu” de Roberto Carlos e viu Yola, Paulo e Dji Tafinha virarem para si. O jovem escolheu Dji Tafinha como mentor mas não deixou de receber os elogios de Paulo Flores para quem o jovem conseguiu segurar a actuação mesmo começando-a titubeante.

    Paulina Amélia trouxe pela segunda vez a canção “Anel de Rubi” de Rui Veloso ao The Voice Angola. E mais uma vez a canção garantiu passagem para as batalhas a uma candidata. Paulina convenceu na circunstância Dji Tafinha que foi o único a virar, não o tendo feito mais cedo porque queria ter a certeza que a candidata conseguia segurar a actuação. A décima e última actuação da noite esteve a cargo de Gilcia Caldeira que, apesar de não ter correspondido a expectativa dos mentores, deixou um claro indício de que na próxima edição do The Voice Angola poderá fazê-lo com a maior naturalidade.

    O sétimo e último episódio das Audiçções às Cegas vai do The Voice Angola vai ao ar no próximo dia, 22 de Novembro às 19 horas no Canal Jango Luxo.

    Por esta ordem as equipas dos mentores do The Voice Angola estão assim constituídas:

    Yola Semedo: Ismira Samapaio, Teresa Kiala, Avelino Kussamo, Indira Carneiro, Ana Jorge e Winny Guerra, Mariedne Feliciano, Valércya Nzollani, Araújo de Carvalho e Ricardo Pina;
    Paulo Flores: Manuel Borges, Yuritze Romero, Ema Silva, Winny Guerra, Luís Sebastião e Arine Amini Julião Chiwaco, Horácio Miapia, Rafael Sampaio, Filomena Carvalho;
    Dji Tafinha: Carlos Muhongo, Esperança Quizango, Núria Gime, Evandro Almerindo, e Larícia Cange, Luna Jamece, Eliseu Paca, Arnaldo Maquemba, Wilton dos Santos, Lonilde Teixeira, Paulina Amélia;
    Walter Ananás: Lena Ayres, Waldemar Ngombo, Ema Jaqueline; Nimi Mingas, Salima Ndangi, Paulo Avelino, Preciosa Widney, Linford Gaspar e Leandro Vicente.

     

     

     

     

     

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Casal presidencial passeia pelas dunas do Parque Nacional do Iona

         O Presidente da República andou de moto nas dunas do Parque Nacional do Iona. Um momento de descontracção com o qual lançou um...

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    Hildebrando de Melo na 15º Bienal de Havana em Cuba

    A 15ª Bienal de Havana, que ocorrerá de 15 de novembro de 2024 a 28 de fevereiro de 2025, contará com a presença do...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto