Vladimir Putin ameaça países que tencionam intervir no confronto entre Rússia e Ucrânia

0
500
“Quem tentar intervir e ameaçar o nosso país terá consequências nunca antes vistas na história”
Por: Sérgio Flávio
Após dias de tensão, a Rússia acabou por bombardear algumas cidades ucranianas, o que registou mais de 40 soldados mortos. Uma guerra que muitos acreditam que poderá ter proporções de guerra mundial após algumas declarações do presidente russo Vladimir Putin.
A imprensa internacional acredita que caso esta guerra continue com a intensidade que tem tomado, as chances de se efectivar a 3ª Guerra Mundial são bastantes altas. Segundo Vladimir Putin, qualquer país que tentar reforçar e interferir irá resultar em “consequências nunca antes vistas” na história. Depois de ter atacado algumas cidades do Leste da Ucrânia, o presidente da Rússia falou em televisão que a ideia passa por “desmilitarizar” o país vizinho.
“Eu tomei a decisão de conduzir uma operação militar especial. Nossos planos não incluem ocupação de territórios ucraniano, não vamos forçar ninguém a nada. Toda responsabilidade de um possível derramamento de sangue recairá directamente sobre a consciência do regime que governa a Ucrânia. Quem for tentado a intervir neste evento, quem tentar nos parar, e ainda mais para tentar criar ameaças ao nosso país, para o nosso povo, saiba que a resposta da Rússia será imediata e levará as consequências nunca antes vistas na história”.
Depois que a Rússia bloqueou as forças antiaéreas da Ucrânia, o presidente Ucraniano apelou a uma coligação mundial contra o homólogo russo, Vladimir Putin, para o obrigar a paz. Todavia, algumas consequências deste confronto já começam a ser vistas, depois que o interesse em bolsas europeias caíram após invasão russa, e milhares estão em fuga do território ucraniano, apesar de o governo pedir calma à população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui