- Publicidade -

More

    " A Falsidade e Intolerância entre os Músicos Angolanos ! "

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Mais um dia, mais uma figura pública angolana deixa o mundo dos vivos de forma inexplicável e precoce mas acima de tudo por em vida se lhe ter sido ignorado as súplicas quando mais precisou do apoio por parte daqueles que supostamente seriam não só colegas de profissão mas admiradores da sua obra ! 

    Captura_de_ecra_2012-12-9_as_14.08.10

    Zecax, tal como Mamborró, terá agora um sem número de ex colegas de profissão prontos a darem entrevistas para falarem sobre o seu legado, colegas estes, que seguramente quando mais precisou deles não os teve disponíveis nem os viu tão céleres no apoio moral ou material!

    Acumulam-se as perdas no que concerne á música nacional, muito recentemente faleceu o maravilhoso cantor Chissica Artz, um jovem talentoso que no auge da idade foi vencido pela assombrosa estatística de mortes fulminantes que se registra em Angola !

    Tal como Zecax e Mamborró, Chissica Artz não teve o apoio necessário por parte de muitos ex colegas, não por ter tido poucos amigos mas simplesmente porque a maioria dos músicos angolanos tornou-se detentora de um egocentrismo exacerbado e apenas acredita e apoia tudo o que seja fútil .

    Alguns músicos angolanos vivem hoje o melhor momento das suas vidas, tanto profissionalmente como em termos financeiros, mas é de tal modo grosseiro a falta de amor ao próximo que preferem imitar o Modus Vivendi dos músicos americanos e outras celebridades do ramo das artes do mundo ocidental, que ajudar ou ser solidário com outros músicos nacionais que padeçam de alguma enfermidade grave ou que necessitem de algum apoio profissional .

    Mamborró, Chissica Artz e Zecax todos de alguma forma serviram de maneira sublime os interesses da Nação mas de Igual modo foram severamente ignorados pelo país, mais concrectamente pelo Ministério da Cultura e sobretudo por muitos ex colegas que preferem gastar milhares de DÓLARES em óculos e outras futilidades que própriamente em ajudar quem quer que seja !

    A Intolerância e a falsidade vivem de braços dados entre os músicos nacionais, fazendo com que pareça moda essa inclinação patológica, enquanto isso Angola vai perdendo um naipe excelente dos seus melhores músicos de forma súbita e inexplicável por simplesmente ser letárgica na implementação de mecanismos para que nenhum músico mendigue em momentos de apuro severo, como foram os casos de Mamborró e Zecax !

    Há uma constante falsidade entre os músicos, uma tendência que vai se agudizando consoante os dinheiros que uns vão fazendo e outros não e essa negatividade tem afectado indubitávelmente a música angolana no geral ! 
    Urge alguêm de direito intervir e criar um mecanismo de suporte para que não nos acostumemos a ver os nossos músicos falecerem por falta de apoio financeiro ou logístico !

    Urge contudo disciplinar os artistas de maior sucesso e visibilidade mediática para que junto de outros com menor sucesso fomentarem o bom convívio, amor ao próximo e sobretudo a criação de um fundo de apoio ao artista necessitado !

    Que Deus conceda ao Mamborró, Chissica Artz e agora o Zecax o descanso devido !

    ” De Joe D’Almeida
    Para o Portal Portal Platina Line 
    09/12/12 Londres

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Restos mortais de Ângelo Victoriano repousam na Santa Ana

    Os restos mortais do antigo basquetebolista Ângelo Victoriano repousam, desde hoje, quarta-feira, no cemitério do Santa Ana, em Luanda. Ângelo Victoriano, o segundo angolano a...

    Coca-Cola e Química Verde levam água potável à província do Bengo com Biofiltros

    Por Sara Rodrigues Fotógrafo: Joaquim Manuel A Coca-Cola, em parceria com a Química Verde, implementou nesta quarta-feira, 17 de abril, uma iniciativa para proporcionar água potável...

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto