- Publicidade -
Início* MulherA Opção de Uma Vida

A Opção de Uma Vida

- Publicidade -
Todo ser humano tem consigo em sua essência a sede pelo sucesso. É algo que faz parte de qualquer ser pensante (RACIONAL).
A necessidade insaciável de um reconhecimento social, de alcançar todos os objectivos traçados, de conseguir realizar os grandes sonhos, de atingir o auge da qualidade de vida e do bem estar …
São itens que, por mais incapacitados que nos possamos sentir em determinados momentos na vida, permanentemente em nossos pensamentos e desejos mais íntimos se encontrarão.
Tais necessidades e desejos ganham força (INTENSIFICAM-SE) em função das características de cada um (VARIAM DE INDIVÍDUO PARA INDIVÍDUO). Cada ser adopta os meios e mecanismos que lhe for mais conveniente e confortável para conduzir as ferramentas que lhe permitirão atingir os fins desejados. E é justamente neste ponto que são distinguidas duas classes de indivíduos: os PERSISTENTES e os CONFORMADOS.
Para indivíduos CONFORMADOS, em função dos obstáculos que lhes vão surgindo pelo caminho, e cada grau de dificuldade que se eleva, corresponde equitativa e respectivamente à graus de retrocesso neste enorme processo de busca por sucesso na vida (REALIZAÇÃO PESSOAL). Ameaçados pelas barreiras encontradas, receiam as possíveis consequências que podem advir pela ruptura das mesmas, optando por não arriscarem tudo já conseguido anteriormente ao longo do caminho. Assim, de forma forçada estabelecem os seus limites, acomodam-se e procuram um meio de adaptação à circunstância encontrada, vivendo de/com uma incerteza perturbadora (DURANTE UM PERÍODO), até finalmente sentirem-se confortáveis mediante as suas capacidades.
É bem verdade que o ser humano nunca está satisfeito. Pela sua natureza, sente sempre a necessidade de algo mais, para além de tudo que já tenha em posse, independentemente da quantidade ou qualidade. Mas os CONFORMADOS simplesmente não se agonizam com esta natureza. À sua maneira, e de forma natural, desenvolvem em si meios de controlo.
Para indivíduos PERSISTENTES, simplesmente não existem barreiras. Cada dificuldade encontrada é interpretada como uma provocação da vida, e não medem meios, nem esforços para respondê-la e SUPERÁ-LA!
Vitória é a palavra de ordem, e ainda que não se faça valer em determinados momentos na vida, NÃO SE SENTEM FRACASSADOS (DERROTADOS). Encaram apenas como mais um episódio, ou um mal passo na vida, que teve a sua razão de ser, ocorrido no devido momento em que deveria ocorrer, e que lhes servirá como mais um degrau em anexo à uma ascensão num futuro muito próximo.
Na vertente “CAPACIDADE” é exactamente nestas duas classes que distingo a nossa camada jovem.
Tudo parte da nossa infância, e é na nossa fase juvenil que nos entregamos à um dos lados. A partir das nossas ideias, do modo como resolvemos os nossos problemas, da nossa capacidade em gerir situações que se opõem ao nosso quotidiano, das nossas escolhas, do nosso limite de “cargas” …
Até que ponto conseguimos ser fieis aos nossos ideais, até que ponto conseguimos impôr os nossos limites, até que ponto nos sentimos intimidados face à componentes distantes daquilo que somos …
São todos itens, e são todas questões que devem fazer parte da nossa auto-avaliação ao longo da vida.
Juventude é sinónimo de FORÇA, PERSEVERANÇA, CAPACIDADE, INOVAÇÃO, EMPREENDERISMO, REALIZAÇÃO, DINAMISMO, E MUITO MAIS!
Por isto e POR MUITO MAIS, meu caro leitor, meu caro jovem …
SEJA PERSISTENTE! Não se intimide, não se acanhe …
SEJA A DIFERENÇA NESTA SOCIEDADE! Opte e multiplique-se em realizações.
- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments