Cães da Força de Operações Especiais da Marinha dos Estados Unidos contam com câmeras e coletes à prova de balas

0
229

Você pode passar anos fazendo Muay Thai, Jiu Jitsu, Karate, Judô ou qualquer outra arte marcial existente ou também pode fazer vários treinamentos de tiro ao alvo ou realizar qualquer atividade que exija bravura e muita concentração, mas provavelmente nunca vai chegar perto dos cães dos Navy Seals. É sério!

Navy SEAL Team Dog (Foto: Reprodução)Navy SEAL Team Dog (Foto: Reprodução)

O grupo de operações especiais da Marinha dos Estados Unidos conta com um time de pastores alemães treinados para executar as mais variadas ações táticas que envolvem muito risco. Para se ter uma ideia do poderio desses animais, um deles esteve envolvido na ação militar da invasão do esconderijo do terrorista Osama Bin Laden!

Para entrar em combate esses cães recebem a mesma proteção que um soldado, contando com um colete a prova de bala e facadas. Quando são necessárias ações de reconhecimento de terreno, como encontrar bombas ou achar a posição exata do exército inimigo, esses animais são enviados com câmeras capazes de realizar transmissão ao vivo para a base de processamento de dados, além de serem aptas a visualizar imagens noturnas.

Ou seja, estes cães são duros na queda, e estão muito além dos animais domésticos que temos em casa. Aliás, é nessas horas que aqueles filmes de cães espiões fazem muito, mas muito sentido!

Normalmente essa unidade especial é chamada apenas para ações ultra-secretas, que envolvem meses e meses de planejamento e treinamento, como foi o caso da invasão da base onde Bin Laden estava escondido. Muito bacana, não é mesmo? Tem que ter coragem de sobra para enfrentar tudo o que o exército K9 enfrenta. A única coisa estranha é o nome, que parece demais com filmes de comédia americana. Mas é melhor evitar o atrito.

 

 

 

Via Gizmodo , G1  e The Sun 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui