Por: Hélio Cristóvão

No estado de Gujarat, estado da Índia, algumas pessoas têm ido a currais uma vez por semana para cobrir o corpo de esterco e urina de vaca, na esperança de que isso fortaleça a imunidade contra o coronavírus ou mesmo que possa ajudá-los a se recuperar da doença.

Não se sabe quem foi o primeiro a ter esta ideia, mas alguns indianos acreditam que, da vaca, animal sagrado naquele país, vem a cura para o coronavírus SARS-CoV-2.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A receita é simples: pegar no esterco e urina do animal, banharem-se com a mistura e deixarem-na secar na pele. Quando a mistura seca no corpo, significa que já absorveu o que necessitava e, a seguir, basta um banho de leite para o tratamento estar concluído.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Os médicos na Índia viram-se obrigados a alertar a população, que espalhar fezes de vaca pelo corpo não protege contra a Covid-19 e que ainda podem adquirir outras doenças.