- Publicidade -

More

    Covid-19: Angolanos retidos no Brasil clamam por ajuda do Governo angolano

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Stella Cortêz

    Cerca de 220 angolanos em diversas localidades do Brasil, impedidos de voltar à terra natal, Angola, devido às medidas de restrição à circulação e cancelamentos de voos de companhias aéreas, por conta da pandemia do novo coronavírus, apelam à Embaixada e o Governo de Angola, a fim de serem extraídos daquele país.

    Ao PLATINALINE, Nilza Chris falou sobre a situação que os angolanos, entre os quais, estudantes, comerciantes, turistas e indivíduos que se deslocaram para tratar de questões de saúde, maioritariamente retidos nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, têm enfrentado nos últimos meses.

    “No início da pandemia, os Consulados de São Paulo e Rio de Janeiro solicitaram cópias dos passaportes e bilhetes de passagem dos cidadãos angolanos que tinham interesse em regressar ao país. Eles fizeram a solicitação ao Estado angolano, a ver se realizassem um voo de repatriamento, sendo que as fronteiras já estavam fechadas. Mas, até ao exacto momento, acredito que não obtiveram resposta do nosso Governo”, disse.

    A angolana salienta, ainda, que por falta de dinheiro para pagar as contas, incluindo a alimentação e tantas outras necessidades básicas, muitos vivem dias de verdadeiro terror.

    “Muitos foram obrigados a deixar as casas, os hotéis em que estávamos por falta de pagamentos. Aqui, as transferências bancárias são difíceis, ou seja, quase não existem. Alguns recebem refeição quente de um grupo de cidadãos brasileiros que se solidarizam com a nossa situação. Estamos há quatro meses, assim, tudo tem ficado mais complicado, pois, actualmente, o Brasil é dos países com um índice de infecção por coronavírus elevadíssimo, a nossa Ministra da saúde disse que dariam início aos voos humanitários nos países com maior vulnerabilidade, mas não ouvimos sequer a citarem o nome do Brasil nas prioridades para um voo humanitário. Apelamos ao nosso Governo o repatriamento urgente, se não, morreremos pela infecção por covid-19”, finalizou.

    Osvaldo
    Osvaldo
    Editor da Platina Line
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Pedro Gonçalves chega à marca dos 50 jogos com Palancas Negras

    Por: Helder Lourenço O seleccionador Pedro Gonçalves atingiu a marca dos 50 jogos como timoneiro da selecção nacional de Angola e descreve este marco como...

    Sérgio Moikano revela motivos que o levaram a sair do grupo “Deixaram-me no Zango 8 mil, saí de lá de candongueiro às 3h, só...

    Durante uma entrevista feita, recentemente, no programa 'A Tarde é Nossa', da Tv Zimbo, o kudurista angolano Sérgio Moikano revelou verdadeiramente os motivos que...

    “A lei do retorno não falha”, diz C4 Pedro sobre as várias participações musicais que tem feito  

    Por: Luzingamu André  O músico angolano C4 Pedro, conhecido também por “Mister Arrogante”, falou recentemente em entrevista ao Platina Line sobre o que está na...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto