Ex-primeiro-ministro de Cabo Verde defende inovação e tecnologia como factores de desenvolvimento de qualquer país

0
88

Por: Stella Cortêz

Fotos: Edueni António

José Maria das Neves, ex-primeiro-ministro de Cabo Verde, que também marcou presença na primeira sessão plenária subordinada ao

tema “Visão e Estratégia das TIC na Modernização e Desburocratização dos Serviços Público”, abordado na abertura do Angola ICT Fórum 2018 “ANGOTIC”, defende que a inovação e tecnologia de desenvolvimento são essenciais e estratégicos para qualquer país que pretende modernizar-se, ser competitivo e que quer criar oportunidades para as pessoas.

O professor da Universidade de Cabo Verde frisou que é preciso investir fortemente nas tecnologias de informação e comunicação para transformar a administração e as organizações públicas e privadas em instrumentos essenciais de desenvolvimento sustentável de um país.

angotics2018-5 angotics2018-4 angotics2018-2 angotics2018-3

“É essencial que se tenha uma visão que inspire e mobilize todas as organizações, administração pública, empresa e a sociedade em geral para realizarem as mudanças que são necessárias no mundo de hoje, a fim de termos mais negócios, empresas, empregos, mais crescimento e desenvolvimento. Temos que necessariamente, face à revolução digital em curso, agir rapidamente, garantindo a conectividade e acessibilidade, investindo fortemente na educação e partilhar uma visão muito inspiradora quanto ao futuro para que as coisas possam acontecer e os países afirmarem-se efectivamente,” realçou José Maria das Neves.

Sobre o uso das TIC em Cabo Verde, o ex-primeiro-ministro explicou que é muito satisfatório, pois têm feito um percurso extraordinário nos últimos anos, na passagem da governação electrónica para a governação integrada, sobretudo na administração que transforma e cria oportunidades para as mudanças dos hábitos e da cultura organizacional para se poder ter um país mais moderno.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments