- Publicidade -

More

    Feitos de Agostinho Neto apresentados em exposição de Agnaldo Faria

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Nelma Inglês
    Uma exposição de artes plásticas sobre a vida e obra do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, vai ser inaugurada no próximo dia 15 e fica patente até ao dia 15 de Outubro, na galeria do Xyami Shopping, na cidade do Lubango, província da Huíla, numa parceria entre o artista plástico, Agnaldo Faria, e a direcção provincial da Cultura local.
    Intitulada “Psico-Arteologia e a crise na visão do Herói”, a exposição, que reúne um conjunto de 15 obras, enquadra-se nas festividades do Dia do Herói Nacional, que se comemora a 17 de Setembro.
    O mentor da iniciativa reconheceu que as artes plásticas desempenham um papel importante na divulgação da vida e obra do primeiro Presidente de Angola, tendo sublinhado que os artistas plásticos têm estado a influenciar os jovens a conhecerem as figuras que contribuíram para a Independência Nacional.

    “Os artistas plásticos sentem-se na obrigação de divulgar os feitos de Agostinho Neto. Os feitos produziram o nosso bem-estar, tanto psicológico, emocional, a paz e segurança nos dias de hoje. Daí, o compromisso de avivar a trajectória do primeiro Presidente,” disse Agnaldo Faria acrescentando que a sociedade actual já tem uma percepção diferente do papel fundamental que os artistas plásticos desempenham na divulgação e preservação da cultura dos povos.

    Agnaldo Faria, Professor Doutor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e Crítico de Arte, é autor dos livros “As Naturezas do Artifício”, sobre a obra de Amélia Toledo (São Paulo: Editora W11, 2004); “Daniel Senise – The piano factory”. Rio de Janeiro: Andréa Jacobsen, 2003, livro indicado para o Prémio Jabuti 2004, na categoria “Livro de Arte”; “Arte brasileira hoje”. São Paulo, Publifolha, 2002; “La arquitectura de Ruy Ohtake”. Madrid, Celeste, 1997. Foi editor e organizador do livro “Bienal 50 anos”. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 2002.
    Share this
    Tags

    A Bombar

    José Paciência fala sobre preconceitos no seio Artísticos “Nós temos lutado com pessoas erradas”

    Em um mundo onde a arte é muitas vezes definida por fronteiras rígidas e expectativas preestabelecidas, José Paciência com uma carreira marcada por obstáculos...

    INADEC realiza 1ª edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial

    O INADEC realizou, nesta Sexta-feira(12), no Ministério do Comércio, a primeira edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial. O evento teve como objectivo...

    Comité Mister Angola comemora 25 anos de existência com jantar intimista

    O comité Mister Angola celebrou os seus 25 anos de existência, neste Domingo(14), com um jantar intimista que reuniu todos os misteres e patrocinadores...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto