- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Filmes de Coreón Dú escolhidos para III Festival de Cinema Internacional

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    Dois dos quatro filmes angolanos candidatos a serem apresentados no III Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (FESTIN-2012) foram seleccionados para o evento, que se realiza entre 9 e 16 de Maio em Lisboa, anunciou na quinta-feira a organização.

    Durante a sua apresentação oficial, em conferência de imprensa, no Cinema São Jorge, na capital portuguesa, a organização revelou que as duas produções angolanas seleccionadas são “Teatro de Quintal” e “Festa de Quintal”, respectivamente, curta e longa-metragem do realizador Coreón DÚ.

     
    Segundo a organização, os outros dois filmes angolanos inscritos, a longa-metragem “Por aqui tudo bem”, uma produção luso-angolana de Pocas Pascoal, “desistiu, por estar a participar num outro festival”, enquanto “Outros Rituais Mais ou Menos”, de Jorge António, “não ficou pronto atempadamente”.

     
    Concorrem ao festival 76 filmes, na sua maioria brasileiros e portugueses, seleccionados entre um total de 272 candidatos.


    Além dos dois filmes angolanos, os países africanos de expressão portuguesa vão estar representados com “Revolução nos Rabelados”, de Mário Benvindo Cabral (Cabo Verde), Clara di Sabura”, de José Lopes (Guiné-Bissau), “A Ilha dos Espíritos” e “A Ponte”, dos moçambicanos Licínio de Azevedo e de Diana Manhiça, respectivamente.

     


    A terceira edição do Festival de Cinema Itinerante dedicado aos países lusófonos vai homenagear a cinematografia brasileira, no âmbito das comemorações do Ano do Brasil em Portugal, passando a integrar anualmente na sua programação a Mostra de Cinema Brasileiro. 

    Criado em 2010 com o objectivo de celebrar e fortalecer a cultura de expressão portuguesa, através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social, o festival exibiu, na edição do ano passado, 78 produções e foi visto por mais de três mil espectadores.

    O festival, criado em 2010 com o objectivo de celebrar e fortalecer a cultura de expressão portuguesa, através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social, exibiu, na edição do ano passado, 78 produções, tendo sido visto por mais de três mil espectadores.

    à semelhança das edições anteriores, mantém-se a “Mostra de Cinema para a Inclusão”, que, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e da empresa EDP, reÚne um conjunto de 10 curtas-metragens de âmbito social, com destaque para a apresentação do projecto ”Quinta do Mocho”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto