- Publicidade -

More

    Heroína Angolana Deolinda Rodrigues em livro nos EUA

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Um livro em memória de Deolinda Rodrigues foi lançado no sábado, em Filadélfia, Estado norte-americano da Pensilvânia, por uma amiga de adolescência da heroína angolana obra, intitulada “Dear Deolinda” (Querida Deolinda), é da autoria de Marcia Hinds Gleckler, que conheceu Deolinda Rodrigues em 1954, quando fazia parte de um grupo de três missionários norte-americanos que trabalhou em Angola como supervisor do Centro Cristão de Educação de Crianças, no bairro da Cuca, em Luanda, onde Deolinda Rodrigues dava aulas.

    Na época, Deolinda era seis anos mais velha do que a “Amiga Marcia”, como carinhosamente a heroína a tratava. Após o regresso de Marcia Glecker aos Estados Unidos, em 1958, a amizade continuou através de cartas e poemas, escritos por Deolinda Rodrigues.

    A autora do livro disse à Agencia de Noticias de Angola , nos Estados Unidos, que numa dessas cartas, Deolinda lamentava o facto de a amiga não responder às suas missivas. “A heroína chegou igualmente a escrever (em inglês) para a minha mãe”, revelou Marcia.

    As missivas e outro acervo bibliográfico de Deolinda, algumas enviadas a partir de Angola e outras de São Paulo, Brasil, onde estudou de 1958 a 1960, estão publicadas no livro, cuja apresentação contou com a presença dos filhos da autora, que a encorajaram a escrever para render tributo à amiga.

    “Nas suas cartas, Deolinda realmente questionou-me por eu não lhe responder. Foi então que se tornou absolutamente claro para mim: eu tinha de escrever, responder, e daí o título do livro, ‘Dear Deolinda’”, disse, comovida, a autora, durante a apresentação do livro de 117 páginas, incluindo duas de fotografias de Deolinda Rodrigues e amigas, e do monumento às heroínas angolanas em Luanda.


    Durante a apresentação, feita em português, depois de mais de 50 anos sem exercitar a língua, Marcia Gleckler referiu-se a uma carta que Deolinda Rodrigues endereçou, em 1959, a Martin Luther King Jr. solicitando apoio para a causa do povo angolano na sua aspiração de se ver livre da opressão colonial. 


    A autora destacou as qualidades intelectuais e a coragem de Deolinda Rodrigues em enfrentar e superar as dificuldades da vida, e o seu espírito solidário e corporativo. Marcia Gleckler levou para a cerimónia alguns presentes que recebeu de Deolinda Rodrigues, como panos, um quimono, lenço e missangas, e realçou a contribuição da amiga na luta de libertação do povo angolano, sacrificando a sua vida aos 28 anos de idade.

     


    Lembrou que, uma das coisas que a marcou, durante a sua estada em Angola, foi quando manifestou preocupação pelo facto de não ser fluente em português e Deolinda Rodrigues lhe ter respondido: “Menina Marcia, quando você tem algo a dizer, o português é perfeito”.

     

     

    Convidado a tecer algumas considerações, o embaixador Ismael Gaspar Martins enalteceu o espírito patriótico e exemplar de Deolinda Rodrigues e a sua contribuição activa na luta pela independência de Angola. Presenciaram o lançamento do livro, o representante permanente de Angola junto das Nações Unidas em Nova Iorque, embaixador Ismael Gaspar Martins, o cônsul-geral de Angola em Nova Iorque, Adão Pinto, e a cônsul-geral angolana em Houston, Júlia Machado. Loide Ana de Almeida Santos, amiga e ex-colega de escola de Deolinda Rodrigues, cantou algumas músicas da infância de ambas.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    OKT INVESTIMENTOS celebra 6 anos de existência no mercado nacional com festa glamorousa

    A empresa de prestação de serviço OKT INVESTIMENTOS celebrou, neste Sábado (25), em Luanda, no Restaurante Yona’s Café, o seu sexto aniversário com parceiros,...

    Paulo Flores e Boy G Mendes abrilhantaram o Dia de África

    Três mil pessoas lotaram o CCB para verem actuar astros da música angolana e cabo-verdiana, juntos pela primeira vez Paulo Flores, uma das principais referências...

    Ary e Yuri da Cunha: Rumores de um Romance no Showbiz Nacional Ganham Força!”

    Por: Liliana Victor Nos últimos dias, tem sido tema de debate nas redes sociais e além delas, a possibilidade de um vínculo amoroso entre Ary...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto