- Publicidade -

More

    Kuduristas Rey Loy, Carliteira e Madruga Yo Yo reúnem-se para um debate sobre o atual estado do Kuduro

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Sued de Oliveira


    Actualmente, o género musical que deixou tatuado o nome de Angola na diáspora, tem sofrido baixas e o rendimento tem vindo a declinar gradualmente. A par do sucedido, convidamos para uma conversa aberta, os Kuduristas Rey Loy, Carliteira e Madruga Yo Yo com a finalidade de expor o seu parecer referente a situação deplorável que o Kuduro apresenta.

    Em conformidade com o ponto de vista de Madrugada Yo Yo, grande parte da mídia é responsável pela situação degradante que o kuduro enfrenta actualmente, atribuindo rótulos a artistas isentos do estilo mas que ainda assim são identificados por Kuduristas. Como é o caso de Francis Boy disse Madruga. O Kudurista realçou também a questão da remuneração em Angola relativamente ao Kuduro que é desproporcional ao trabalho que eles têm feito e afirmou que o nosso mercado criou um bloqueio para os kuduristas desvalorizando-os cada vez mais.

    Já na visão de Rey Loy, o House Music no mercado angolano é um estilo descartável e imediato, por essa razão muitos nomes do Kuduro primam por alternar e ingressar para esta faceta deixando o Kuduro morrer. O Kudurista Expressou também o seu descontentamento mediante as opções de artistas escolhidos para o festival anual de Kuduro “I LOVE KUDURO” alegando haver inúmeros nomes que não integram a lista de Kuduristas nacionais assim como é o caso da dupla Tchoboli e Sari Sari disse o cantor bastante descontente.

    Carliteira por sua vez expressou o seu parecer indicando o Nagrelha como sendo a pessoa ideal para representar o estilo e defender a tese ,devido a sua estrondosa popularidade, e deixou escapar o seu pesar relativamente a má remuneração dos Kuduristas.

    “É impossível que um Nagrelha que fecha grandes Shows não seja mais bem pago que a Zona5” realçou Carliteira. Porém o Kudurista mostrou-se indigando pela participação do Nagrelha no segundo volume do Projecto Team de sonho sendo que o Estado Maior do Kuduro preferiu forçosamente cantar Tarraxinha em vez de unir-se aos seus colegas e gritar bem alto que o Kuduro está vivo em uma parceria.

    Do que se constata, a falta de disciplina artística e estrutura musical são dois um dos factores considerados nocivos ao kuduro.

    Os artistas citaram também nomes que no seu ponto de vista são completamente desnecessários e só contribuem para o insucesso do género musical que agrada milhões,que são nomeadamente : De Gala Faz tudo, Gilson Cores e Titica que actualmente ostenta prêmios e nomeações, mas nenhuma em prol do Kuduro.

    kuduristas1.jpg

    Share this
    Tags

    A Bombar

    INADEC realiza 1ª edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial

    O INADEC realizou, nesta Sexta-feira(12), no Ministério do Comércio, a primeira edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial. O evento teve como objectivo...

    Comité Mister Angola comemora 25 anos de existência com jantar intimista

    O comité Mister Angola celebrou os seus 25 anos de existência, neste Domingo(14), com um jantar intimista que reuniu todos os misteres e patrocinadores...

    Pérola e Ednardo Soares tornam-se embaixadores da marca Wiliete Crédito

    Texto: Sara Rodrigues Fotógrafo: Carlos Cristóvão A Wiliete Crédito, uma das principais instituições financeiras em Angola, firmou nesta Segunda-feira um acordo histórico com a cantora angolana...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto