O segundo álbum do rapper angolano intitula-se “Laços de Família” e estará disponível esta quarta-feira, em todas as plataformas digitais, como prenda de aniversário. A obra reserva também edição física para Dezembro.

O referido álbum do rapper angolano e ex-Cave Play comportará 15 faixas musicais. Sete retratam problemas inter-conjugais e oito traduzem os conflitos familiares causados, maioritariamente, pelo meio social.

O álbum reúne participações de Kool Klever, Lil Jorge, YCI Walter, Lio Francis e produções de Prod. GC Brown, Conductor, Marley do Beat entre outras referências do Rap lusófono.

Laços de Família estará disponivel em duas vias, sendo que a parte 1- Laços De Família (Problemas Internos), sai amanhã, em formato digital, e a parte 2- Laços de Família (Problemas Internos + Externos) em formato físico + digital, em Dezembro do ano corrente.

Trajectória do artista

Luso começou a fazer o estilo “Rap” em rodas de improviso nas ruas e escolas do “Miratejo” (Margem Sul de Lisboa – Portugal), bairro que, para muitos, é visto como o berço do “Hip Hop Tuga”, até que em meados de 2004/2005 com o “Maximus” e “Nucho” formaram a Tripla Aliança.

Em 2008, após a morte de “MC.C”, o mesmo que o levou para o estúdio pela primeira vez, Luso perde a vontade de cantar e regressa para Angola em 2010. Com as dificuldades que a vida lhe foi apresentando, viu-se obrigado a afastar-se dos microfones durante alguns anos até que, em 2017, ingressa para a produtora de “KID MC”, a “Cave Play”, e torna-se no primeiro rosto a ser lançado pela mesma.

Pela “Cave Play”, o artista lançou a mixtape “255 Quadros”, em 2018, e o álbum digital “Lusolândia”, em 2019.

Desde 2020, com o encerramento da “Cave Play”, o rapper vem seguindo a carreira independente, como resultado, lançou o projecto “Ilusionista” e, de lá para cá, vem lançando músicas soltas, enquanto prepara o lançamento do primeiro álbum físico “Laços de família”, agendando para este mês de Junho e Dezembro.