- Publicidade -

More

    Músico Caló Pascoal torna-se activista do INAC

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O músico angolano Caló Pascoal está designado para desempenhar as funções de activista dos direitos da criança,  pelo Instituto Nacional da Criança (INAC), mercê de um convite formal a si endereçado por aquela instituição.

     

    O facto foi confirmado hoje, sexta-feira, à Angop, pelo próprio artista, que se mostrou regozijado com a escolha e prometeu ajudar a sensibilizar as famílias a protegerem os pequenos e fazerem cumprir cabalmente os seus direitos.

     

    Caló Pascoal explicou que já vinha a colaborar com a instituição há algum tempo, tendo participado em alguns eventos de fórum recreativo, mas agora tem a missão de servir de elo entre as famílias e o INAC.

     

    “Eu já participei de alguns eventos do INAC, como concursos.  Agora convidaram-me para trabalhar na sensibilização das famílias. Aquelas famílias que não podem chegar directamente à instituição, podem encaminhar-me as suas preocupações,  para eu leva-las às autoridades competentes”, referiu.

     

    O autor de “Fim de Mundo”, “Fé” e “Santa Mariazinha” disse acreditar que a sua escolha deve-se também ao facto de estar a concluir o curso superior de direito, razão por que se mostra inteiramente ao dispor do INAC.

     

    “O nosso acordo é por tempo indeterminado. Mas ainda que eu me desvincule deles, continuarei a prestar a minha colaboração na defesa dos direitos da criança”, prometeu.

     

    Produtor, compositor e intérprete, o artista iniciou a carreira nos anos 90, como bailarino, e logo depois virou dj. O seu trajecto musical começou em 92-93, com o grupo Necaf Brothers, um dos primeiros a surgir na senda da “febre” do género kuduro.

     

    Lançou o seu primeiro disco a solo em 2002, com o título “Fé”, que teve como destaque os temas “Está Amarrado” e “Onde Estás Rosita”.

     

    Em 2005 publicou o segundo disco, intitulado Santa Mariazinha, que integrou as músicas “Fim do Mundo”, “Titiriti”, “Água da Chuva”, “Kizomba da Madrugada”, “Manteiga”, “Quebra Galho”, entre outros.

     

    Fez publicar igualmente os projectos “Eu e Elas” e “Caló Pascoal e Amigos”, assim como “O Santo Desconfia”, gravado em dueto com Belisse dos Santos, a sua nova parceira musical no projecto Angola Tropical Show.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    Higino Carneiro Fala Para Adolescentes Sobre o Processo de Paz em Angola

    Em uma iniciativa de orientação para a nova geração de angolanos sobre a história do país, o General Higino Carneiro participou, nesta quinta-feira, 18,...

    Erica Chissapa aconselha nova geração de atores a serem insaciáveis na busca de conhecimento: “O ator não é um ser básico”

    A multifacetada Erica Chissapa ofereceu conselhos aos jovens da nova geração que estão entrando no cenário cinematográfico, incentivando-os a serem profissionais que buscam conhecimento...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto