- Publicidade -
InícioEspeciaisEfeméridesMúsicos angolanos celebram o dia mundialmente dedicado à música

Músicos angolanos celebram o dia mundialmente dedicado à música

- Publicidade -

Por: Stella Cortêz

Numa data como hoje, 1 de Outubro, o mundo celebra o Dia Mundial da Música, arte que constitui na combinação de vários sons e ritmos, seguindo uma pré-organização ao longo do tempo, considerado por diversos autores como uma prática cultural e humana.

Rostos marcantes do mosaico cultural angolano como Kueno Aionda, Waldemar Bastos e Carlos Burity, bem como artistas que apesar da nacionalidade estrangeira como Manu Dibango e Jorge Neto fizeram sucesso na diáspora, perderam suas vidas no ano de 2020. Muitos ainda são os cantores que perderam familiares, em que em causa estiveram complicações ligadas a problemas de saúde, alguns dos quais ao novo coronavírus e acidentes.

Para saber mais sobre esta data que foi criada por iniciativa da Unesco, em 1975, através da Internacional Music Council, com objectivo de promover a paz e a amizade entre os povos com ajuda da música, o PLATINALINE trouxe para os internautas algumas opiniões de profissionais que têm a arte musical como instrumento de trabalho.

O cantor e também CEO da produtora Hey Hey Heyyy sente-se feliz por levar a sua musicalidade aos diversos locais, porém conta que 2020 é, em particular, um ano triste pelas perdas de todos os familiares dos entes queridos de artistas. “Que sejam confortados e que estes descansem em paz, e ao Prodígio, meu mano, muita força pela perda do pai”, disse.

Na sua conta do Instagram, Pérola descreve que sem música, a vida seria um erro, e relembra com entusiasmo o Dia Mundial da Música. “E eu quero saber qual dos meus temas é o vosso favorito. Ouçam muita música hoje, amanhã e sempre”.

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments