- Publicidade -

More

    Novo Mustang acelera em menos de 5 Segundos dos 0 aos 100 Km/hora

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    • O novo Ford Mustang V8 5.0 acelera dos 0 aos100 km/h em 4,8 segundos, tornando-se no mais rápido modelo de grande volume da Ford
    • Com o novo motor 2.3 EcoBoost, o Mustang acelera dos 0 aos100 km/h em 5.8 segundos e consome 8,0 litros/100 km com emissões de CO2 de 179 g/km*
    • Mais de 2.200 clientes na Europa já encomendaram o novo Mustang, tanto na versão fastback como convertible, unidades que deverão chegar aos concessionários angolanos em Junho
    • O Ford Mustang aumenta o prazer de condução através dos Modos de Condução Seleccionáveis: Normal, Sport+, Track e Snow/Wet
    • A Ford confirma a integração de Aplicações de Circuito (Track Apps) como o Launch Control para optimizar a performance em linha recta, acelerómetro, para gravar as forças de aceleração, e sistema Line Lock para aquecimento dos pneus traseiros
    • A Performance e a dinâmica de condução foram afinadas para irem ao encontro das expectativas dos clientes. Suspensões melhoradas, chassis mais rígido e materiais mais leves aumentaram o equilíbrio e a aceleração, garantindo forças G de 0,97 em curva  
    • A Ford vai construir o novo Mustang na fábrica de Flat Rock, no estado norte-americano do Michigan.

    Luanda, 28 de Abril de 2015 – A Ford Motor Company anunciou hoje que o novo Ford Mustang irá alcançar uma aceleração dos 0 aos 100 km/h abaixo dos 5 segundos, tornando-o no mais rápido modelo de grande volume da Ford neste domínio.

    O construtor norte-americano revelou ainda que já tem mais de 2.200 encomendas do novo Ford Mustang desde que, no início deste ano, arrancou com as vendas do icónico modelo em todo o continente europeu.

    Proposto pela primeira vez na Europa em 50 anos de história, o Ford Mustang, está disponível com motor Ford 5.0 V8 de 421 cv e 530 Nm de binário ou com o mais económico e eficiente motor 2.3 EcoBoost, de 317 cv e 432 Nm de binário.

    A versão fastback com o motor 5.0 V8 e transmissão manual de seis velocidades atinge os 100 km/h com arranque parado em 4,8 segundos, mais rápido que qualquer outro Ford na Europa, desde o superdesportivo Ford GT, lançado em 2005. O Ford Mustang 2.3 EcoBoost fastback com caixa manual alcança esta marca em 5,8 segundos.

    Os condutores do Ford Mustang podem optimizar as performances do modelo e as condições de condução utilizando os Modos de Condução Seleccionáveis, e pela monitorização da performance de condução longe das estradas públicas com a tecnologia Track Apps. Os condutores do Ford Mustang 5.0 V8 podem ainda obter melhores acelerações em linha recta graças à tecnologia Launch Control. O Mustang viu, também, as suas forças G em curva aumentadas para 0,97.

    O novo Ford Mustang irá ser malevolamente rápido em linha recta, colando as costas do condutor ao banco, ao som emocionante do seu motor,” disse Hermann Salenbauch, Director da Linha de Veículos Mustang. “Mas o Mustang não será somente um modelo muito rápido em linha recta. A performance e a maneabilidade irão ser uma revelação para os condutores“.

    Equipado com o motor Ford 2.3 EcoBoost, o novo Mustang alcança, ainda, um consumo médio de 8,0 l/100 km e 179 g/km de emissões de CO2.*

    Divertido na estrada e na pista

    Os motores de elevada performance do novo Ford Mustang irão estar apoiados num Pacote Performance de série e que integra travões reforçados e uma melhor refrigeração, para condução a velocidades mais elevadas. Um chassis e uma plataforma sofisticados, bem como tecnologias avançadas, ajudam a optimizar a dinâmica de condução, permitindo a experiência desportiva exigida pelos clientes do Ford Mustang.

    Os Modos de Condução Seleccionáveis são controlados através de interruptores situados na consola central e ajustam o Controlo Electrónico de Estabilidade (AdvanceTrac), a resposta do acelerador, as passagens da caixa automática de velocidades, e fazem a direcção corresponder às afinações Normal, Sport+, Track ou Snow/Wet. O Sistema de Direcção Assistida com Selecção de Esforço permite aos condutores escolher o peso e a sensibilidade da direcção de acordo com os modos Normal, Comfort ou Sport.

    Para ajudar os condutores a retirarem o máximo partido do modelo em pista, o Ford Mustang apresenta também Aplicações para Circuito (Track Apps) que podem ser controladas através do volante e visualizadas no painel de instrumentos, incluindo um acelerómetro, com o tempo de aceleração e a força de travagem, que medem o tempo e a distância de travagem a partir de uma determinada velocidade.

    Disponível na versão de motor 5.0 V8 com transmissão manual, o sistema Launch Control mantém o motor a um regime pré-definido entre as 3.000 rpm e as 4.500 rpm com o acelerador totalmente pressionado. Quando a embraiagem é libertada, o binário transmitido às rodas traseiras é controlado para máxima tracção e um arranque mais consistente. Um sistema electrónico Line Lock está igualmente disponível na versão com o motor 5.0 V8 e que, aplicado apenas nos travões dianteiros, permite aos condutores aquecerem os pneus traseiros.

    O Ford Mustang possui suspensões totalmente independentes na frente e atrás para uma dinâmica mais desportiva, sem esquecer o conforto, incluindo na suspensão traseira um sistema de link integral, que optimiza o conforto de rolamento e a aderência mecânica, e duplos apoios na suspensão dianteira MacPherson que permitem a montagem de travões maiores e mais potentes, sem afectar a sensibilidade da direcção.

    A estrutura da carroçaria é 28 por cento mais rígida que na geração anterior do Mustang. Uma distribuição de pesos, com 54 por cento na frente, na variante 5.0 V8, e 53 por cento na frente no derivativo 2.3 EcoBoost, contribui para um comportamento melhorado e mais preciso.

    Os materiais mais leves incluem o alumínio no capot, painéis laterais dianteiros, suspensão, transmissão e travões. Aços de elevada rigidez, técnicas de soldagem a laser e hidroformagem contribuem para uma maior rigidez da carroçaria e para uma melhorada experiência de condução e também uma maior segurança.

    Design clássico e equipamentos modernos

    O novo Ford Mustang está disponível com carroçaria estilo fastback e convertible, com caixas manuais ou automáticas de seis velocidades, apresentando elementos clássicos de design, incluindo os faróis traseiros com três barras, a assinatura trapezoidal na grelha, numa frente que se assemelha a uma dentada de tubarão.

    A Ford iniciou a produção do primeiro Mustang com especificações europeias na sua fábrica de Flat Rock, no estado norte-americado do Michigan, disponibilizando-o em 10 cores exteriores e com jantes de 19″ de série, faróis HID automáticos, ar condicionado de dupla zona, faróis traseiros com LED, e um difusor aerodinâmico traseiro.

    O equipamento de série inclui ainda um sistema de som com nove altifalantes e sistema de conectividade SYNC 2, com controlo vocal, ligado a um ecrã de toque a cores de 8 polegadas. O Ford Mustang está exclusivamente disponível para encomenda nos novos espaços FordStore. Os primeiros exemplares chegarão aos concessionários angolanos em Junho, aos do continente europeu a partir de Julho e aos do Reino Unido a partir de Outubro.

     

    Ford Mustang Fastback

    Ford MustangConvertible

     

    5.0 V8

    421 cv

    2.3 EcoBoost

    317 cv

    5.0 V8

    421 cv

    2.3 EcoBoost

    317 cv

     

    Man

    Auto

    Man

    Auto

    Man

    Auto

    Man

    Auto

    Consumos*

    l/100 km

    13,5

    12,0

    8,0

    9,8

    13,6

    12,8

    8,2

    9,8

    CO2*

    g/km

    299

    281

    179

    225

    306

    289

    184

    225

    * Os valores de Consumos de Combustível/Energia, de emissões de CO2 e de autonomia eléctrica declarados são medidos de acordo com os requisitos técnicos e especificações da Regulamentação Europeia (CE) 715/2007 e (CE) 692/2008, nas suas mais recentes redacções. Os consumos de combustível e as emissões de CO2 referem-se a uma determinada variante de veículo e não para uma unidade automóvel única. O procedimento do teste padrão aplicado permite a comparação entre diferentes tipos de veículos e fabricantes. Para além da eficiência de consumos de um automóvel, o comportamento ao volante, bem como outros factores não-técnicos desempenham um papel na determinação das emissões de CO2 e dos consumos de combustível de um automóvel. O CO2 é o principal gás responsável pelo aquecimento global.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Micklate, a grande vencedora do 40º Elite Model Look World Final

    Depois de 5 dias de avaliação intensa para a 40ª edição do mais prestigiado concurso internacional de modelos, em Praga, MICKLATE MACOBOLA triunfou, destacou-se...

    NOSSA Seguros é a primeira seguradora a receber o selo Feito em Angola

    A NOSSA Seguros tem a honra de ser a primeira seguradora a receber o selo "Feito em Angola", uma certificação que reconhece o compromisso...

    BAI apresenta soluções de financiamento às Pequenas e Médias Empresas

    O BAI – Banco Angolano de Investimentos S.A., em parceria com a Associação Industrial de Angola (AIA), realiza em todo o país, durante o...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto