- Publicidade -

More

    O A380 da emirates e a dupla JetMan Dubai num voo de formação sem precedentes

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O maior avião de passageiros do mundo, numa precisão de tirar o fôlego, lado-a-lado com a dupla de homens-alados, Yves Rossy e Vince Reffet Um verdadeiro colosso é o que se pode dizer da enorme aeronave A380 da Emirates.

    Dois homens, com asas, ao seu lado, são como dois pequenos insectos a voar junto a uma águia. Mas aconteceu, recentemente. O A380 da Emirates e a dupla conhecida como “Jetman Dubai” realizaram nos céus dos Emirados Árabes Unidos um voo de
    formação extraordinário, que mostra bem até onde pode chegar a aviação, nos dias de hoje.

    As formações foram realizadas sobre Palm Jumeirah, com o Burj Khalifa no horizonte. Veja o filme impressionante aqui.
    Enquanto no filme, o voo de formação parece ser feito sem esforço, existiu um planeamento minucioso e meticuloso de intensa colaboração, com um intenso foco na segurança. Clique aqui para assistir à produção do filme (apenas versão inglesa).
    O espectáculo aéreo foi cuidadosamente coreografado e iniciou-se com o maior avião

    de passageiros do mundo a voar a 4.000 pés de altitude. À gigantesca aeronave A380 junta-se, então, a dupla conhecida por “Jetman Dubai”, dois homens que voam com recurso a umas pequenas asas de fibra com propulsão a jacto, e que foram largados de um helicóptero que pairava sobre a aeronave a 5.500 pés de altitude. A equipa de pássaros humanos foi constituída pelo do suíço Yves Rossy, piloto, engenheiro e inventor, o primeiro ser humano a sustentar um voo usando uma asa com propulsão a jacto copulada nas suas costas – razão pela qual ganhou a alcunha de Jetman. O seu companheiro, Vince Reffet, é um experiente paraquedista francês.

     

    20151028-jetman_A380-16.jpg

    Adel Al Redha, Vice-Presidente Executivo e Director de Operações da Emirates, salientou que “a exibição entre homem e máquina celebra a magia e a beleza do voo, um feito que há pouco mais de cem anos atrás teria parecido um sonho impossível. Também
    revela que a visão e ambição humana podem ir mais longe, continuando a explorar as fronteiras da aviação. Um voo de formação espectacular como este é um feito sem
    precedentes, mas, como em todas as operações da Emirates, cada aspecto foicuidadosamente avaliado e praticado nos nossos simuladores para enfrentar todas as contingências possíveis. Ao longo dos últimos três meses, a Emirates e as equipas da
    Jetman trabalharam em conjunto para planear de forma diligente e coordenar todos os detalhes deste projecto, sempre com a segurança na base de todas as decisões
    tomadas”.

    A colaboração exaustiva entre todas as partes envolvidas foi fundamental. As autoridades reguladoras da Aviação Civil dos Emirados Árabes Unidos e do Dubai, juntamente com as equipas de controlo de tráfego aéreo do Dubai, a SkyDive Dubai e a
    Aerovision, bem como vários departamentos no Emirates foram activamente envolvidos no planeamento e execução das formações aéreas, com vista a tornar este projecto num
    verdadeiro sucesso.

    Michael Rudolph, o responsável pelos regulamentos de aviação e segurança da Autoridade de Aviação Civil de Dubai, referiu que “”da perspectiva da supervisão da segurança, este evento levantou uma série de desafios, já que esta foi a primeira vez que dois seres humanos iriam voar em formação perto da maior aeronave de passageiros do mundo. Para isso, foram considerados todos os riscos, para garantir que o evento iria decorrer sem incidentes. Além disso, era imperativo garantir que não haveria impacto no tráfego comercial de aproximação e partida do Aeroporto
    Internacional de Dubai”.

    Yves Rossy, o suíço conhecido como o “Jetman do Dubai”, salientou que “tendo vindo de um meio, onde pilotei aviões comerciais, sempre foi um sonho meu voar sem as restrições de estar dentro de um cockpit. Foi absolutamente surreal voar ao lado da maior aeronave do mundo. Quando estamos lá, sentimos como se fossemos insectos ao lado de uma águia gigantesca”, acrescentou Rossy. Vince Reffet, o Jetman mais novo, referiu que “este é mais um voo histórico para a equipa da Jetman Dubai e estamos muito felizes e gratos por fazer parte de um projecto
    tão incrível. Passámos muito tempo a preparar, revendo cada detalhe minuciosamente, para aperfeiçoar o nosso primeiro voo em formação com a aeronave A380 da Emirates”.

    Durante o voo de formação, o A380 da Emirates voou apenas com um peso de 350 toneladas (o peso máximo de um A380 é de 575 toneladas). Sendo a maior aeronave de passageiros do mundo, o rasto de turbulência que esta iria deixar era o risco mais
    significativo para a Jetman durante o voo. Para mitigar o risco, as posições de formação da dupla foram cuidadosamente seleccionadas para evitar as zonas com maior rasto de turbulência provocado pelo A380 da Emirates. Durante as fases de planeamento, a Emirates assegurou que a dupla Jetman tivesse pontos de referência visual do A380, que foram trabalhados com os simuladores de voo reais utilizados pelo Centro de Engenharia da Emirates .

    Um voo de teste foi realizado no dia 12 de Outubro de 2015, para garantir que as posições de formação funcionavam, e o voo de formação final e as filmagens foram realizadas a 13 de Outubro.
    Para garantir a precisão da Emirates, e a exibição da equipa Jetman Dubai, os pilotos da Emirates, os directores de operações de voo e os controladores de tráfego aéreo trabalharam em conjunto para discutir os mais pequenos detalhes da missão, tendo em conta o tráfego aéreo, as áreas mais utilizadas, o vento potencial e o tempo.

     

    20151104-World-Island-Fly-By-GoPro.jpg

    O A380 da Emirates voou a uma conservadora altitude de 4.000 pés acima do nível do mar, longe dos fluxos de entrada e saída de tráfego dos dois aeroportos do Dubai (DXB e DWC). A dupla Jetman Dubai foi lançada de um helicóptero que voava bem acima da altitude do A380 e toda a actividade foi protegida dentro de uma área restrita temporária controlada pelas autoridades de controlo aéreo do Dubai.

    A Emirates é a maior operadora de aeronaves A380 de dois andares, possuindo um total de 68 na sua frota e tendo ainda outras 72 unidades já em encomenda. O A380 é a a jóia
    da coroa da Emirates e a companhia aérea tem vindo a estabelecer padrões inovadores dentro da indústria no que respeita a eficiência operacional, estado dos avanços tecnológicos de arte e redução do ruído e impacto ambiental. A aeronave continua a ser extremamente popular entre os passageiros da Emirates. O A380 da Emirates voa actualmente para 34 destinos a partir do Dubai.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    OKT INVESTIMENTOS celebra 6 anos de existência no mercado nacional com festa glamorousa

    A empresa de prestação de serviço OKT INVESTIMENTOS celebrou, neste Sábado (25), em Luanda, no Restaurante Yona’s Café, o seu sexto aniversário com parceiros,...

    Paulo Flores e Boy G Mendes abrilhantaram o Dia de África

    Três mil pessoas lotaram o CCB para verem actuar astros da música angolana e cabo-verdiana, juntos pela primeira vez Paulo Flores, uma das principais referências...

    Ary e Yuri da Cunha: Rumores de um Romance no Showbiz Nacional Ganham Força!”

    Por: Liliana Victor Nos últimos dias, tem sido tema de debate nas redes sociais e além delas, a possibilidade de um vínculo amoroso entre Ary...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto