- Publicidade -

More

    " O Cantor de Estúdio e as Falsas Notas ! "

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Há um crescendo indubitável da economia nacional e normalmente quando um país cresce tão afortunadamente significa prosperidade, bonança, oportunidade !

    Neste contexto -, falando de oportunidade – é quase religioso esperar que qualquer cidadão com algum talento ou infindável sonho deseje progredir social e financeiramente, mostrando com clarividência todo o repertório artístico que o possa eventualmente fazer distinguir-se dos demais cidadãos . 

    musicaestudio
    Ora, no que á Angola diz respeito, da bonança actual quem mais ganhou foi o sector musical e de forma vertiginosa, acarretando no entanto um sem número de senãos á imagem riquíssima e de grande impacto a nível nacional e internacional devido à alguns factores que para lá de técnicos também estão imbuídos do espírito imediatista, tão comum em várias áreas dos diferentes ramos de actividades do nosso país .

    A música tem crescido num ritmo supersónico, alguns artistas conseguiram a estabilidade financeira que há anos atrás talvez fosse uma miragem, estabelecendo uma carreira sólida baseada em disciplina, profissionalismo e conhecimento profundo dos mecanismos que fazem da música uma das artes mais sublimes do mundo . 

    Estes artistas na sua maioria são músicos de craveira, estudiosos, reconhecidos pelo inegável talento que possuem, o mais importante dos quais é a capacidade de transmitirem nas apresentações ao vivo toda a qualidade, alma e energia com a mesma definição sonora das suas gravações em estúdio .

    Dos músicos de talento inegável, seja em palco ou em estúdio, destacam-se Paulo Flores, Totó St, Pérola, Danny L, Walter Ananáz, Puto Português, Dodó Miranda, Kizua Gourgel, Yuri da Cunha, Ary, C4 Pedro, Bonga, Kid Mc, Patrícia Faria, Anselmo Ralph, Matias Damásio, Bruno M, Konde, Yola Semedo, Yola Araújo etc , músicos que apostam com seriedade nas carreiras e no estudo profundo do fenómeno musical !

    Aproveitando-se desta maré positiva da economia nacional e por conseguinte da música, foi surgindo ao longo desta longa jornada um naipe de imediatistas cujo estilo musical vai mudando consoante o plagiarismo que vão fazendo do comportamento visual e artístico dos seus ídolos ocidentais . 

    Estes artistas de estúdio, incapazes de lerem pautas musicais ou de actuar ao vivo sem perderem a pose nem a voz, são os que mais visibilidade vão buscando á todo o custo por saberem de antemão que a sua música é descartável e de música saberem quase nada .

    Urge aos fãs, aos críticos musicais, as escolas de música, á imprensa, ás rádios, aos promotores de eventos saberem interpretar com mestria a diferença abismal entre o músico de verdade e o mero cantor de curta estadia .

    De Joe D’Almeida
    Para o portal Platina Line
    Londres 12/12/12

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto