- Publicidade -

More

    Obras dos angolanos António Ole e Francisco Vidal superam estimativas em leilão em Londres

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    “Memória”, de António Ole, criada em 2016, que tinha uma estimativa base de entre 16.000 e 20.000 libras (18.500 – 23.100 euros), acabou por ser licitado pelo valor mais alto, 20 mil libras (cerca de 23.292 mil euros), o mesmo preço alcançado por “Espírito Caluanda”, de 2015, que tinha uma estimativa base de entre 12.000 e 18.000 libras (13.900 – 20.800 euros).

    Do mesmo artista, “Sem título”, de 1996, avaliado em entre 4.000 e 6.000 libras (4.650 e 7.000 euros), foi licitado por 5.625 libras (6.551 euros).

    Francisco Vidal tinha duas obras no catálogo: “Bye bye NYC, Hello LD; Bye bye LD, Hello NYC”, de 2014, com valor estimado entre 15.000 e 20.000 libras (11.600 – 17.300 euros), foi licitada por 12.500 libras (14.557 euros), porém “Icarus Chocolate”, de 2013, que tinha um preço estimado entre 15.000 e 20.000 libras (17.300 – 23.100 euros), não conseguiu atrair um comprador.

    No total, ficaram por vender 36 lotes, mas o leilão rendeu 2.772.250 libras (3.254.753 euros), perto da estimativa mais baixa de 3,8 milhões de libras que a Sotheby’s tinha esperança de angariar.

    Foram a leilão 115 obras de arte de mais de 60 artistas de 14 países, incluindo, além de Angola, Argélia, Benin, Gana, Costa do Marfim, Mali, Nigéria, Senegal, Etiópia, Uganda, Camarões, República Democrática do Congo, África do Sul e Zimbabué.

    “A Sotheby’s tem observado este mercado crescer há vários anos e decidiu que esta era a altura certa para entrar no mesmo. Temos registado um aumento enorme de clientes do continente africano, bem como de coleccionadores do resto do mundo que estão muito interessados em coleccionar arte africana”, afirmou na apresentação a directora de Departamento da Sotehby’s, Hannah O’Leary.

    Segundo a leiloeira britânica, apesar de um grande progresso nos últimos anos, os artistas africanos representam apenas 0,01% do mercado internacional de arte.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Supermercado O Patriota Realiza Primeira Edição do Projeto Social ‘Sopa Solidária Patriótica’ e Distribui 100 Cestas Básicas”

    O supermercado "O Patriota", anteriormente conhecido como Supermercado BIG ONE Patriota, demonstrou um exemplo inspirador de solidariedade ao realizar a primeira edição do projeto...

    Casal presidencial passeia pelas dunas do Parque Nacional do Iona

         O Presidente da República andou de moto nas dunas do Parque Nacional do Iona. Um momento de descontracção com o qual lançou um...

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto