- Publicidade -

More

    Yuri da Cunha Encanta Casa 70

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Foi na passada quarta-feira, dia 7 de Abril, que o cantor angolano Yuri da Cunha realizou o seu primeiro show ao vivo com dois espectáculos agendados na “Casa 70” em Luanda.

    O criador de vários sucessos no estilo semba lotou por completo a sala do espectáculo. O músico cantou e encantou a plateia apresentando um grande repertório composto por novos e antigos sucessos fazendo vibrar o público com as suas músicas e danças durante duas horas e meia de show.

    O show começou pontualmente as 22horas com apresentação do radialista José Pedro Benge. Um espectáculo que ganhou ainda mais animação com a entrada da cantora Yola Semedo fazendo dueto com Yuri da música “PPP”. A cantora encantou a plateia com três (3) de suas músicas de sucesso intituladas: “Magui”, “Três Meses” e ”Viola”. Após terminar a sua actuação, Yola Semedo atendeu o pedido dos fãs para interpretar a música de sucesso “Única”.

    Euclides da Lomba foi um dos convidados especiais do artista, cantou e encantou os presentes com as músicas de sucesso como “Caso de Amor” e “Jeito Atrevido”. Juntos, brindaram-nos com o dueto da música de sucesso “Regressa” que fez vibrar a plateia. Durante o espectáculo Yuri da Cunha fez homenagem ao músico Beto de Almeida interpretando a música “Viola” que fez o público cantar e vibrar, no fim da música o público levantou-se e aplaudiu o artista.

    Em entrevista à Platina Line o músico afirmou “Convidei a Yola Semedo porque nunca tivemos a oportunidade de trabalhar juntos em concertos e porque sempre tive essa vontade de fazer mas as nossas agendas começaram a complicar. Desta vez falei com ela e de imediato aceitou”. E em relação á Euclides da Lomba, Yuri da Cunha revelou “Sou fã desde pequeno, sempre gostei das músicas do Euclides e aos meus 17 anos de idade na passagem de ano no Clube Ferro Rodoviária em Luanda, o Euclides da Lomba ficou admirado ao ver-me a cantar até porque era um miúdo na altura nem cantei o show todo mas, o Euclides da Lomba deixou-me cantar todas as suas músicas e a partir daí criou-se um amor de família e passámos a viajar juntos e nunca me larguei das músicas do mesmo”.

    O espectáculo teve suporte da banda de Yuri da Cunha composta por Dinho (bateria), Carlitos Chiemba (baixo), Texas (solo e ritmo), Joãozinho Morgado (percussão), Chalana Dantas (percussão), Nelas do Som (guitarra) e Tavinho (teclados).

    Texto: Iraneth da Cruz

     

    6B3A4172.jpg6B3A4178.jpg6B3A4190.jpg6B3A4197.jpg6B3A4199.jpg6B3A4226.jpg6B3A4266.jpg6B3A4282.jpg6B3A4277.jpg6B3A4296.jpg

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Benvindo Magalhães descarta possibilidade de algum dia apresentar Telejornal: “Nunca”

    Por: Sara Rodrigues O apresentador de TV e locutor de rádio Benvindo Magalhães deixou claro em entrevista ao Platinaline que jamais, na história da televisão...

    4ª edição do Unitel Estrelas ao Palco será emitida às quintas-feiras

    Por: Sérgio Flávio Fotos: Rosário Duarte Foi realizada hoje (28), nas instalações do canal ZAP Viva, uma conferência de imprensa para divulgar detalhes sobre a...

    De vencedor a membro da mesa de jurados: O brilhante percurso de Anderson Mário no Unitel Estrelas ao Palco

    Por: Sérgio Flávio Vencedor da primeira edição do concurso Unitel Estrelas ao Palco, Anderson Mário é um dos poucos concorrentes de projetos do gênero que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto