Se trocar o ecrã, o Face ID deixa de funcionar no iPhone 13

0
66

Portanto, a Apple quer mesmo retirar as lojas de reparação privadas da equação! Por isso, a partir do iPhone 13, mesmo que substituía o ecrã de um qualquer iPhone 13, por um ecrã exatamente igual, retirado de outro iPhone 13, o Face ID vai continuar sem funcionar.

Ou seja, enquanto seria compreensível ver uma fabricante a garantir que o smartphone utiliza partes genuínas. Tudo de forma a garantir a segurança do utilizador. Acaba por fazer pouco sentido, ver a Apple a bloquear todo e qualquer tipo de reparação, apenas porque não foi feita num agente autorizado da marca.

Muito resumidamente, a Apple está a castigar os clientes! Porquê? Por fazerem reparações fora do seu ecossistema de suporte.

Como é que isto é resolvido? Na verdade, é um sistema muito simples (e inteligente) por parte da Apple!
Segundo o que sabemos, para tudo funcionar em pleno, o iPhone 13 tem de ser registado num novo sistema da Apple. Ou seja, todas as peças do iPhone têm agora um número de série, que tem de ser registado numa base de dados, para funcionar em pleno.

Uma técnica que também parece ter influência na troca de baterias, e claro, outros componentes. Uma resposta muito pesada, da Apple, à comunidade que quer ter livre acesso à reparação de smartphones.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments